Prefeitura utilizará mão de obra de internos do regime semi-aberto



A Prefeitura de Ponta Grossa e a Ponta Grossa Ambiental, dentro de alguns dias, utilizarão mão de obra de internos do regime semi-aberto da Penitenciária Estadual de Ponta Grossa na limpeza de praças, logradouros e margens de arroio. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo prefeito Marcelo Rangel e pelo presidente da PGA, Marcos Borsato, durante o lançamento de mais um Ponto de Entrega Voluntária, no cruzamento da Avenida Visconde de Taunay e a Rua Londrina.
Para Rangel, a utilização da mão de obra dos internos promove a resocialização deles à  comunidade. O regime semi-aberto é um dos mais leves regimes prisionais, o que representa basicamente a fase final do cumprimento de pena do sentenciado. “Essa é uma forma inteligente de atuarmos em várias frentes: estamos ajudando na ressocialização daquelas pessoas que estão pagando sua dívida com a sociedade, estamos facultando que tenham mais rápida socialização e também que obtenham, com os dias de trabalho, também a redução de suas penas”, disse Marcelo.