20 de março de 2013

Famílias que estão na fila da Prolar recebem lanche do SOS



Para tornar o tempo de espera das pessoas que estão na fila para o recadastramento da Companhia Ponta-grossense de Habitação (Prolar), o presidente da companhia, Dino Schrutt, e a presidente de honra do Serviço de Obras Sociais (SOS), Simone Kaminski Oliveira, resolveram aproveitar a reabertura da Unidade Produtora de Alimentos (UPA), ligada à Secretaria de Assistência Social, para distribuírem lanche. “Como a demanda é grande, as pessoas procuram chegar cedo e, muitas vezes, saem de casa ou do trabalho sem ter se alimentado. Esse lanche é uma maneira de tornar a espera um pouco mais confortável”, afirma Simone.
Neuza de Freitas, 58 anos é diarista e há 12 anos espera por uma casa. Ela conta que, com o recadastramento, está mais esperançosa e, no dia de hoje, saiu mais cedo do trabalho para poder se recadastrar, mas para isso precisou fazer alguns sacrifícios. “Tomei café ás 6h e não parei o dia todo para poder chegar no horário aqui. O lanche veio em boa hora. Esperar ficou até mais fácil”, diz. O borracheiro Frederico de Oliveira, 55 anos, também estava na fila e sem almoço. Para ele, o lanche também veio em boa hora. “A gente espera até mais animado”, conta Oliveira que espera há sete anos por uma casa da Prolar.
De acordo com o presidente da Prolar, Dino Schrutt, são atendidas por dia 240 famílias e a expectativa é fazer o recadastramento de todas as pessoas em até três semanas. “Nosso desejo é agilizar este processo e poder, em breve, beneficiar as famílias ponta-grossenses”, explica. O SOS vai distribuir lanche durante toda a semana para as famílias que estiverem na fila do recadastramento.

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Pré-candidato a Deputado Estadual

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *