Ponta Grossa terá Centro Regional de Especialidades


Ponta Grossa terá um Centro Regional de Especialidades, que atenderá toda a região dos Campos Gerais. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pelo prefeito Marcelo Rangel durante a visita do governador Beto Richa. Com investimento de R$ 10 milhões, o Centro terá atendimento para mais de 30 especialidades. O Centro de Especialidades será construído num terreno de aproximadamente 10 mil metros quadrados no Jardim Carvalho. O projeto já está em mãos do governo do estado e a verba já foi aprovada. Além do Centro Regional de Especialidades, o prefeito aunciou também a construção de mais uma Unidade Básica de Saúde, com investimento previsto de R$ 1 milhão.
“Nós recebemos pacientes de toda região dos Campos Gerais e a nossa meta é dar a atenção necessária para todas os pacientes, com consultas e exames de qualidade”, disse o prefeito Marcelo Rangel. Segundo o secretário municipal de Saúde, Erildo Muller, o Centro de Especialidades será importante para toda região. “Nós atenderemos também a demanda dos munícipios dos Campos Gerais, com consultas e exames. O projeto está com o governo do estado, a verba já foi aprovada, esperamos concluir o processo licitatório neste primeiro semestre e dar inicio às obras no segundo semestre”, afirma.
A estrutura do Centro do Centro de Especialidades reunirá consultórios para o atendimento nas áreas de neurologia, otorrinolaringologia, nefrologia, ginecologia, ortopedia, oftalmologia, cardiologia e pediatria especializada.  Para evitar a transferência dos pacientes, a unidade contará também com um centro de exames por imagem. Entre os equipamentos previstos para a estrutura estão modernos maquinários para a realização de ressonância magnética e densitometria óssea, tomógrafo, mamógrafo e ultrassom. Salas cirúrgicas para procedimentos de curta duração também integram o projeto.
Já a nova Unidade de Saúde Básica, sem local ainda definido, terá 400 metros quadrados. A unidade servirá principalmente para o atendimento da Saúde da Família. “A intenção é construir a Unidade Básica de Saúde em um dos loteamentos da Prolar, que ainda precisam de uma estrutura de saúde”, disse o secretário. Nos próximos dias, técnicos da Secretaria Estadual de Saúde devem visitar Ponta Grossa para avaliar possíveis locais para a construção da Unidade de Saúde.