Rangel anuncia reajuste de 10% a todos servidores municipais


Ontem dia 1º de março o prefeito Marcelo Rangel anunciou aumento salarial de 10% para todos os servidores públicos municipais de Ponta Grossa. Além do reajuste, o prefeito falou também da antecipação extraordinária da data-base da categoria, passando de maio para primeiro de março. Os projetos - o reajuste e a antecipação da data base - seguiram nesta sexta-feira para a aprovação da Câmara Municipal.

Os anúncios foram feitos para um grupo de dezenas de funcionários, no saguão do gabinete do prefeito, na presença do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipal, Leovanir Martins, e dos secretários de Recursos Humanos, Endrigo Ribeiro; de Gestão Financeira e Negócios Jurídicos, Josué Fernandes; de Abastecimento, Sérgio Zadorosny Filho; de Agricultura e Pecuária, Gustavo Ribas Neto; de Comunicação, Edgar Hampf; de Meio Ambiente, Fernando Pillati; de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato. Estavam presentes também as secretárias de Governo, Indianara Milleo; e de Educação, Esméria Saveli; e o Controlador Geral do Município, Lauro Costa
Esse aumento foi possível devido ao ajuste feito nas contas da prefeitura. No início do ano, Rangel solicitou aos secretários um levantamento detalhado de todos os gastos da administração. Com este estudo em mãos, o prefeito pode definir prioridades, como o reajuste salarial dos servidores. Ficou estabelecido, então, reajuste de 10%. Desta porcentagem, 4,79% é relativo à reposição da inflação e 5,21% de aumento real. O aumento será implantado a partir da folha de pagamento de março, se aprovado pelo Legislativo. O último reajuste salarial real recebido pelos servidores públicos de Ponta Grossa ocorreu há nove anos, ainda assim, fracionado.
“É graças ao trabalho de vocês, que se empenham no dia a dia para que a administração funcione adequadamente, que posso anunciar esse reajuste, mais do que merecido. Todos nós sabemos que a cidade precisa de mais asfalto, de melhorias na saúde, de uma série de outras coisas, mas é também necessário dar o reconhecimento ao seu trabalho, caro servidor”, disse Rangel aos servidores presentes. Além do estudo da situação financeira do município, o prefeito contou também com a ajuda do Sindicado dos Servidores Públicos Municipais. Foram mais de 40 dias de diálogo entre prefeitura e Sindicato para que se chegasse ao reajuste.
Para o presidente do Sindicato, Leovanir Martins, a administração de Marcelo Rangel tem aberto espaço para o diálogo, algo fundamental para o entendimento produtivo e que beneficie a todos. “O governo entendeu nossas reivindicações, foi sensível. Isso mostra que estamos todos no mesmo patamar de igualdade. Ficamos muito satisfeitos com essa mudança de postura do governo municipal, que sabe que servidor é a mão que faz a máquina pública funcionar”, disse Martins.