Cai criminalidade com monitoramento eletrônico

Ilustração 

A Central de Monitoramento da Secretaria de Cidadania e Segurança Pública de Ponta Grossa vem contribuindo para a diminuição de ocorrências criminais na cidade. Estão instaladas no município 28 câmaras de monitoramento, que garantem imagens captadas num raio de 360º. Foi uma dessas câmaras que ajudou na ação policial na sexta-feira passada que evitou um assalto numa farmácia na Nova Rússia. A mesma câmara que detectou o início da ação dos bandidos localizou a viatura de polícia mais próxima do local.
Foto: Divulgação
De acordo com o secretário de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato, o número de ocorrências criminais nos locais monitorados tem diminuído o que tem garantido mais segurança para a população. “Percebemos uma melhora significativa, principalmente na região central de Ponta Grossa”, diz Lovato. A mudança também vem sendo sentida pela Polícia Militar. Segundo o comandante do 4º Comando Regional da Polícia Militar, coronel Marco Aurélio Paredes Czerwonka, a logística para a ação policial melhorou, o que torna o atendimento a uma determinada ocorrência mais rápido. “Quanto mais câmara tiver, mais facilidade teremos de monitorar e mais agilidade no atendimento”, diz o coronel.

Segundo Lovato, as câmaras estão localizadas em pontos estratégicos no centro da cidade e também na periferia da cidade. Todas as imagens são transmitidas em tempo real para a Central de Monitoramento, na Secretaria de Cidadania e Segurança Pública, que é acompanhada por guardas municipais 24 horas por dia. A Central de Monitoramento abriga também o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) fato que agiliza ainda mais o atendimento nos locais de ocorrência: assim que detectam uma ocorrência, guardas municipais que monitoram as imagens comunicam imediatamente ao Copom, que determina as medidas necessárias para inibir a ação de criminosos. Todas as imagens captadas ficam arquivadas por um determinado tempo, à disposição de organismos policiais e para a Justiça.

Os equipamentos utilizados são de última geração, como câmaras avançadas que permitem imagens digitais e uma central que controla todas as imagens ao mesmo tempo. A Central de Monitoramento comporta seis telas de 32 polegadas onde são mostradas as imagens captadas pelas 28 câmaras ao mesmo tempo. Os operadores da Central podem aproximar uma imagem quando suspeitam de algo errado. As imagens de alta resolução conseguem identificar qualquer ato suspeito. Aliado aos equipamentos modernos está o trabalho da equipe formada por pessoas altamente capacitadas para a função. Dentro de mais alguns dias, Ponta Grossa receberá mais 20 câmaras que serão instaladas em locais já estudados pela Secretaria de Cidadania e Segurança Pública, mas que por uma questão estratégica não podem ser divulgados.
Por: Érica Busnardo - Assessoria de Imprensa

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Candidato a Deputado Estadual 54200

SAIBA MAIS

Leandro Soares Machado quer melhorias para saúde e segurança

Na Alep, Leandro garante que promoverá o fortalecimento dos Campos Gerais   Depois de disputar as eleições para prefeito de Ponta Gross...

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *

Instagram @leandrosoaresmachado