Prefeitura discute políticas públicas voltadas para artesãos

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da união das Secretarias de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, e de Governo, e das Fundações Municipais de Cultura e de Turismo, estuda políticas públicas para atender aos artesãos de Ponta Grossa. Atualmente, o município possui nove associações de artesãos e uma das propostas da prefeitura é uni-las através de um Arranjo Produtivo Local (APL).
As propostas foram discutidas nesta terça-feira (21) através de uma reunião entre a secretária de Governo, Indianara Milleo, o presidente da Fundação Municipal de Turismo, Eldo Bortolini, o superintendente da Fundação de Turismo, Eros de Freitas, Chefe de Divisão de Fomentos ao Empreendedorismo, ligado a Secretarias de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Tônia Mansani, e Cirillo Barbisan e Andrea de Mario, representando a Fundação Municipal de Cultura.
Segundo Indianara, a Prefeitura de Ponta Grossa irá estabelecer políticas públicas voltadas para o grupo, visando a capacitação e a profissionalização dos artesãos. Num primeiro momento, ficou decidida na reunião desta terça-feira a promoção de uma feira de artesanato no Complexo Ambiental, sendo realizada no sábado ou no domingo. Esta proposta será apresentada as associações de artesãos numa próxima reunião, ainda a ser marcada. “Queremos profissionalizar estes artesãos para que eles se tornem micros empreendedores. Com isso, ganha a cidade com uma feira aberta de artesanato, sendo um novo ponto turístico da cidade, e ganham os artesãos, que se fortalecerão mais”, diz Indianara.
Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa