Prefeitura elabora estratégias para a 5ª Conferência Municipal das Cidades


                       


   O Conselho da Cidade esteve reunido ontem sexta-feira (10) para discutir estratégias para a Etapa Preparatória Municipal da 5ª Conferência Nacional das Cidades, que acontecerá nos dias 24 e 25 de maio, no Centro de Cultura de Ponta Grossa.   Participaram do encontro a secretária de Governo, Indianara Milléo, o presidente da Fundação Municipal de Turismo, Eldo Bortolini e o diretor do Departamento de Planejamento Urbano e coordenador da Conferência Municipal de Ponta Grossa, Mauricio Nickel e representantes de diversas secretarias. O tema deste ano será: “Quem muda a cidade somos nós: Reforma Urbana já.”

  A prefeitura está em processo de organização do evento que terá quatro eixos de discussão: Participação e Contribuição Social no Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano (SNDU); Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano; Instrumento e Políticas de Integração Institucional e Territorial; Políticas de Incentivo à implantação de instrumentos de Promoção da função social da propriedade. 

 O prefeito Marcelo Rangel ressalta a importância da Conferência Municipal para o desenvolvimento da cidade. “É fundamental o debate sobre a implementação  do Sistema Nacional de desenvolvimento Urbano (SNDU), que integrará, consolidará e definirá os papéis dos entes federados no que se refere às políticas de moradia digna, mobilidade, saneamento e planejamento urbano”, diz. 

  Segundo a secretária de Governo, Indianara Milléo, o encontro discutirá as formas corretas para o desenvolvimento urbano. “As palestras serão ministradas por profissionais gabaritados que vão abordar as opções mais viáveis para que a cidade avance em termos de urbanização”, explica. Para o Coordenador da Conferência Municipal, Maurício Nickel, a criação do Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano contribuirá com as questões de urbanização. “Com isso teremos no futuro formas organizadas para desenvolver o urbanismo, com o Fundo Nacional o processo burocrático é menor”, explica.

   Segundo o secretário de Planejamento, João Ney Marçal, o tema deverá ser desenvolvido de modo a articular e integrar as diferentes esferas e políticas urbanas. “A ideia é discutir a política municipal de habitação, acessibilidade e mobilidade, transportes e trânsito, saneamento ambiental e meio ambiente”, destaca. Na Conferência das Cidades também será discutida a regularização fundiária do município, o desenvolvimento econômico sustentável, em conformidade ao plano diretor, direcionando as propostas para todas as esferas da federação.
Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa