SAÚDE NA ESCOLA - Feira Verde participa de evento no centro de PG

Foto: Veira verde - SMAB
     Ineditamente, o programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Abastecimento, Feira Verde, instalou um ponto de troca de materiais recicláveis por alimentos na região central, no sábado (15), durante o encerramento do projeto Semana de Saúde na Escola, da Secretaria Municipal de Educação. O Feira Verde, que é referência em incentivo a uma alimentação mais saudável, foi um dos temas debatidos com crianças de todas as escolas da Rede Municipal de Ensino na última semana.
     Segundo a coordenadora de projetos especiais da Secretaria de Educação, Priscila Pendrak, na Semana de Saúde na Escola a obesidade e as diferentes possibilidades de garantir uma alimentação mais saudável e nutritiva foram destaques nas discussões com os alunos. “O Feira Verde é uma excelente ferramenta para assegurar alimentos saudáveis de maneira simples, usando materiais que seriam descartados como lixo”, afirmou a coordenadora.
     Para o evento de encerramento no Parque Ambiental, a Secretaria de Educação contou com a parceria das Fundações de Esporte e de Cultura, com recreação infantil e apresentações artísticas, da Secretaria de Saúde, que disponibilizou o Ônibus da Saúde, e da Secretaria de Abastecimento, que levou uma equipe do programa Feira Verde. “Estamos felizes em poder contribuir com a saúde da população através da educação. As crianças são multiplicadoras de conhecimento, incentivando a aplicação de bons hábitos que aprendem na escola em casa”, salienta o secretário de Abastecimento, Sérgio Zadorosny Filho. Além disso, o secretário ressaltou que a ideia foi bastante interessante já que pela primeira vez as trocas de materiais recicláveis por frutas, legumes e verduras puderam ser feitas no centro da cidade. Quem passou por lá também pôde conferir a qualidade dos alimentos trocados no programa.  “A região central não possui pontos de troca do Feira Verde. Ficamos satisfeitos com a participação dos moradores dessa região, que puderam conhecer o processo de trocas de perto e não pouparam elogios ao programa”, completa Zadorosny

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa