Caminhões DAF

Foto: Divulgação
A fábrica de caminhões DAF apresentou nesta quarta-feira (02) o primeiro modelo montado no Brasil, ainda em caráter experimental. Com capacidade produtiva instalada de 10 mil unidades por ano, em um turno, a DAF investiu US$ 200 milhões (cerca de R$ 450 milhões) na fábrica do Paraná, criando 500 novos empregos diretos na região dos Campos Gerais. Na sua unidade, instalada em Ponta Grossa e ainda não inaugurada oficialmente.  Essa fábrica, a única da DAF no Brasil, é a nona unidade da empresa em todo o mundo e considerada a mais moderna de todas. O lançamento, acompanhado pelo presidente mundial da Paccar (holding a que pertence a marca DAF), Mark Piggot; pelo governador Beto Richa – acompanhado da esposa e secretária estadual da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, do deputado estadual Plauto Miró Guimarães e do prefeito Marcelo Rangel, aconteceu na própria fábrica, construída às margens da PR-151. E contou ainda com as presenças do secretário de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros; do secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly; e dos secretários municipais de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Alvaro Scheffer, de Gestão Financeira, Odailton Souza e da secretária de Governo, Indianara Milléo.
Foto: Divulgação
Além do modelo XF 105, que foi apresentado durante o lançamento, e é adequado para viagens de longa distância, sendo considerado um caminhão pesado, a DAF fabricará futuramente os modelos CF e LF, de menor porte. O presidente mundial da Paccar, Mark Pigott, agradeceu ao governador pelos incentivos concedidos para a instalação da indústria no Paraná. “Tivemos um grande suporte do Estado para que essa indústria se concretizasse. O Paraná tem uma excelente logística”, disse ainda ele. “Hoje é um momento histórico para nossa empresa. Acreditamos no Brasil”, diz Pigott.  “Os amarelinhos (caminhões) são brasileiros e foram fabricados em Ponta Grossa, estamos felizes por isso e acreditamos no crescimento da empresa não apenas na cidade, mas mundialmente”, destaca o presidente da DAF Caminhões Brasil, Marco Antonio Davila. Ainda, de acordo com Davila, a DAF vive um momento de adaptação na cidade: “estamos na fase de testes, os funcionários estão em teste e este modelo apresentado hoje representa o nosso primeiro caminhão no Brasil e representa o trabalho de ponta-grossenses e outros brasileiros que trabalharam na montagem”.
Foto: Divulgação
Para o prefeito Marcelo Rangel a data marca uma grande conquista e representa desenvolvimento. “É um dia em que todos devem estar orgulhosos, o primeiro caminhão da DAF, uma das maiores empresas do mundo, foi fabricado em Ponta Grossa, isso nos mostra que em pouco tempo a cidade se tornará grande pólo automotivo”, afirma Rangel. A geração de empregos no Paraná foi destacada pelo governador Beto Richa. “Vivemos hoje o maior ciclo da história do Paraná, houve um crescimento na geração de empregos e estamos investindo em qualificação profissional. A DAF é uma conquista para Ponta Grossa, para o Paraná e para o Brasil”, diz Richa. Beto Richa ressaltou que, junto com a fábrica, vem um centro de distribuição de peças genuínas, uma rede de concessionárias e a melhoria de qualificação e de capacitação da mão-de-obra. A expectativa é de que, com a Paccar, outras 20 fábricas se instalem no Estado. “Elas irão fornecer insumos e peças para atender a nova indústria, gerando milhares de postos de trabalho”, afirma.


Marcelo quer empresa parceira no ‘PG 200’
Em seu discurso, o prefeito Marcelo Rangel parabenizou a DAF e a convocou a empresa a integrar-se no projeto “Ponta Grossa 200”. A proposta do município, segundo o prefeito é, que em um prazo de dez anos, o projeto esteja concluído. “Nesse espaço de tempo acredito que a cidade e o Paraná deverão testemunhar o projeto, que é um dos mais ambiciosos para o aprimoramento comunitário”, diz Rangel.
O prefeito destacou o exemplo da DAF no planejamento de estratégias de produção. “Assim como, a DAF,  tem feito com seus produtos de indiscutível renome e qualificação, queremos desempenhar o nosso dever e exercido de tal maneira nossa capacidade de agregar esforços e ações coordenadas, a ponto de reformar por completo o panorama econômico e social de Ponta Grossa.  Insistimos no planejamento sério e na organização como ferramental. E, também a exemplo desta empresa cuja presença e confiança engrandece a todos nós, acreditamos na construção de uma vasta rede de colaboradores eficientes, parceiros interessados e relações corporativas de alto gabarito para obter sucesso em nossos planos”,


O caminhão XF 105

Conforme informações da DAF o caminhão está equipado com um tanque de diesel de até 1060 litros e um tanque de Arla 32 de 140 litros de capacidade. Além do motor de 12,9 litros, o caminhão da DAF chega ao Brasil com transmissão manual ou automatizada de 12 ou 16 marchas da ZF e índice de conteúdo local de 60%, o que faz do veículo apto para o Finame. Além de acabamentos sofisticados e alto grau de conforto para o condutor, o XF-105 traz painel moderno, com comandos integrados ao volante, área de dormitório ampla e espaço para um motorista de até 1,95m fica em pé na cabine.
Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Candidato a Deputado Estadual 54200

SAIBA MAIS

Leandro Soares Machado quer melhorias para saúde e segurança

Na Alep, Leandro garante que promoverá o fortalecimento dos Campos Gerais   Depois de disputar as eleições para prefeito de Ponta Gross...

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *

Instagram @leandrosoaresmachado