6 de outubro de 2013

Projeto Cidadania da Escola leva cidadania para crianças de 6 a 10 anos

Foto: Divulgação

O projeto Cidadania na Escola, realizado pelo Departamento de Cidadania, ligado á Secretaria de Cidadania e Segurança Pública, completa três semanas e vem ensinando às crianças do Ensino Fundamental conceitos sobre cidadania. Todas segundas, terças e quarta-feiras, alunos das escolas municipais de Ponta Grossa recebem a visita do Cidadania na Escola e assistem à palestras educativas sobre temas de acordo com a idade. Desde o início do projeto já foram visitadas 25 escolas. As visitas acontecem nos horários de entrada, recreio e saída das escolas.
O projeto não se restringe somente a palestras. As visitas são feitas sempre por dois guardas municipais, que entram nas escolas, conversam com as diretoras e verificam se está tudo em ordem no entorno do colégio. “É também uma medida de segurança”, diz o coordenador do projeto e diretor do Departamento de Cidadania, Marcus Vinicíus Freitas. Os guardas fazem também um levantamento dos problemas de segurança apresentados pelos diretores, que é encaminhado para a Secretaria de Cidadania e Segurança Pública, que adotará as medidas necessárias para coibir as ações.
De acordo com Freitas, o projeto será contínuo e trabalhará somente com as escolas municipais, já que a competência da Guarda Municipal, que atua no Cidadania na Escola, se restringe ao município. Assim que terminar o ciclo com as 83 escolas municipais, o projeto inicia uma nova etapa com novos temas a serem abordados. Nesta primeira fase, com os alunos do 4.º e 5.º ano são trabalhados temas de drogas, pichação e depredação. Com os mais novos são abordados cidadania e infração.
“O projeto pretende levar às crianças o conceito de cidadania para que desde cedo elas sejam pessoas conscientes, que respeitem o seu próximo, que cuidem da escola e da sua comunidade”, explica o diretor. Segundo ele, a receptividade das crianças e dos pais com o projeto tem sido positiva. Devido ao pouco tempo de atuação do projeto, de apenas três semanas, ainda não se pode obter resultados claros, que somente serão colhidos dentro de um ou dois anos. “São sementes plantadas hoje que darão frutos amanhã. Hoje as crianças ouvem e assimilam, amanhã estarão atuando de forma correta e repassando para outras pessoas o que aprenderam”, diz Freitas.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Pré-candidato a Deputado Estadual

SAIBA MAIS

Eleitores poderão ser traídos: afirma Leandro Soares Machado!

Leandro Soares Machado pré-candidato Deputado Estadual “É preciso compreender, de todo o modo possível, o verdadeiro festival de traido...

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *