23 de dezembro de 2013

Frota do transporte público de Ponta Grossa é ampliada

Foto: Divulgação
         O transporte público de Ponta Grossa conta, a partir de agora, com nove novos ônibus: oito convencionais e um articulado. Destes, oito são para a ampliação da frota e um para reposição. Os veículos foram entregues nesta segunda-feira (23) pelo presidente da Viação Campos Gerais (VCG), Luiz Norberto Gulin, ao prefeito Marcelo Rangel. A partir dos novos ônibus incorporados, a frota do município passa a ser formada por 215 carros, que atendem a 94 linhas.
         De acordo com o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), Eduardo Kalinoski, os novos ônibus serão destinados para as linhas dos novos loteamentos de Ponta Grossa. Em algumas linhas, devido à demanda, os ônibus convencionais irão substituir os midibus que hoje atendem a esses locais. Assim como 94% da frota do municipio, os novos ônibus são todos adaptados com elevadores para acesso de cadeirantes e com informações táteis internas para uso seguro por deficientes visuais.
         “Além de uma tarifa justa, estamos priorizando um transporte público de qualidade, com novos ônibus e adaptados para atender a todos”, disse Rangel, que estava acompanhado, além de Kalinoski, pelo vice-prefeito José Carlos Raad, o dr. Zeca,  pelo secretário de Obras e Serviços Públicos, Alessandro Lozza de Moraes, e do deputado federal Sandro Alex.

Georreferenciamento
         Os veículos também são dotados de um sistema de georreferenciamento, que permite o monitoramento sobre o modo de condução do motorista e a localização geográfica do ônibus, possibilitando informações sobre o tempo de chegada dos veículos aos terminais. Segundo Kalinoski, em janeiro a AMTT inicia o processo de implantação do sistema no Terminal Central, com a instalação de plataformas e sinalização. Uma tela de 50 polegadas será colocada no Terminal e indicará aos passageiros o trajeto dos ônibus e onde estarão estacionados. Com isso, o usuário poderá acompanhar em tempo real o posicionamento do veículo na rota que ele trafega.
         “Com esse sistema, os usuários poderão saber, por exemplo, a exata localização do ônibus pelo qual espera e calcular o tempo em que ele estará na plataforma de embarque”, disse Kalinoski. De acordo com ele, o sistema será implantado, por enquanto, apenas no Terminal Central, como teste. Se for bem aceito pela população e for economicamente viável, será implantado nos demais terminais de ônibus de Ponta Grossa.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ponta Grossa

SAIBA MAIS

Evento Rotary Distrito 4730: Empreender é o Futuro!

Primeira edição do evento Empreender é o Futuro, com cunho beneficente, realizado pelo Rotary Club Distrito 4730.  Venha potencializar su...