Restaurante Popular reabre na quarta-feira

Foto: Divulgação
           O Restaurante Popular Guilherme Gavina, de Ponta Grossa, volta a atender o público na próxima quarta-feira, no dia 2 de abril. Nesta quinta-feira, o secretário de Assistência Social, Júlio Kuler, assinou contrato com a empresa Ação Social do Paraná (ASP), que vai administrar o restaurante nos próximos 12 meses. Para o consumidor, o valor da refeição será de R$ 2,00, mas a prefeitura arcará com um subsídio de R$ 3,04 por refeição. O Restaurante Popular servirá 1.300 refeições de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h, podendo chegar a 1.500.
         “Essa era uma necessidade da população, que neste tempo sentiu falta do Restaurante Popular. Essa é uma ferramenta social importante para aquelas pessoas que não têm condições para se alimentar bem. No Restaurante Popular elas podem ter uma alimentação saudável e a um custo muito baixo”, disse o secretário Kuller. O contrato assinado nesta quinta-feira permite a prorrogação para mais tempo. O secretário lembra que não é necessário fazer cadastro para se alimentar no Restaurante Popular, basta chegar lá, entre às 11h às 14h, e se servir.
         O Restaurante Popular continuará a ser administrado pela ASP, uma Organização Não Governamental (ONG), que gerencia outros restaurantes populares em Curitiba, em Londrina e em Maringá. O Restaurante Popular é a melhor opção para as pessoas se alimentarem de forma saudável a um baixo custo. O cardápio do restaurante é preparado por nutricionistas. “Este é um excelente investimento que o município está fazendo para a população e esta nossa parceria público privada possui um grande alcance social. As pessoas têm direito ao acesso a uma alimentação saudável e segura e é isso que elas terão no Restaurante Popular a partir da próxima semana”, disse o presidente da ASP, padre José Aparecido Pinto.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa