Aeróbica que dá resultado

Foto: Divulgação
No final da tarde elas lotam a quadra de esportes Acir Fernandes, em Ipiranga-PR, de segunda a quinta-feira para suar a camisa e perder peso. Elas são animadas e assíduas. As aulas totalmente gratuitas têm a duração de uma hora por dia, divididas em meia hora de exercícios aeróbicos e meia de localizados. A trilha sonora tem o setlist variado e bem alegre, as músicas levantam as mulheres que estão ali para ver resultados; e vêm. “Eu pesava 94 kg quando comecei, hoje estou com 86 kg, não respirava direito, tinha muita dificuldade em me exercitar, agora estou mais saudável, mas também junto com a atividade física estou cuidando da alimentação, cortei massas e gorduras” conta Nilcélia Oliveira Lopes, de 42 anos de idade que iniciou as aulas perto do mês de junho, de 2013.
A aeróbica começou em meados de 2012 e por motivos maiores teve uma pausa, mas voltou com tudo no final de 2013 e segue com o maior sucesso até hoje. E vem aluna de todos os lugares do município, a região rural e a urbana se encontra por lá. Na lista de chamada tem 130 mulheres inscritas, mas apenas 50 marcam presença freqüentemente, as demais eventualmente.
Comandadas pela professora de Educação Física Caroline Dalazoana, da Secretaria de Esportes, muitas delas já sentem o efeito das aulas. Uma das alunas mais maduras da turma também já viu a diferença em mudar os hábitos se exercitando. “O desempenho da minha saúde está ótimo, eu faço exercícios até em casa e participo aqui desde o primeiro dia que começou”, conta Lindamir Aparecida Palhano, de 61 anos de idade.
“É gratificante chegar pra dar aula e ver a quadra lotada, arrancar sorrisos, elevar a auto-estima da mulherada é o mais importante. Contribuir na promoção da saúde na vida delas”, diz Caroline Dalazoana.
E o bem que a ginástica tem feito às participantes é incalculável, visto que até as dores da dona Elza Kojura Paes - que teve diagnóstico médico de Fibromialgia, e outras doenças da coluna - vêm melhorando com a prática. Elza com seus 48 anos, orientada pela professora Caroline realiza exercícios localizados específicos, para não comprometer sua condição física.
Caroline ainda sugere que todas procurem orientação médica. Algumas coincidentemente fazem tratamento com a nutróloga no Hospital Imaculada de Ipiranga e o resultado aparece mais rápido. E não são só mulheres mais vividas que estão preocupadas em cuidar da saúde. Taís Telchinski tem 12 anos e participa assiduamente das aulas. “Em um mês e meio emagreci 6 kg, diminui também os doces da alimentação”, diz animada a menina Taís.
No término das aulas ao som relaxante de uma música mais suave a ginástica se encerra com aplausos. A aeróbica é mais uma iniciativa da Secretaria de Esportes de Ipiranga e conta com total apoio da Prefeitura Municipal.

Fonte: Assessoria de comunicação da Prefeitura de Ipiranga