AMCG e Núcleo ODM trazem oficial da ONU a PG

Foto: Divulgação
A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) e o Núcleo Regional dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) dos Campos Gerais traz a Ponta Grossa a coordenadora da unidade de planejamento estratégico e desenvolvimento de capacidades do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) – organismo do sistema ONU, Ieva Lazareviciute. Ela estará, no próximo dia 29 e abril, proferindo palestra para os prefeitos que fazem parte da Associação e comunidade em geral. O evento deve acontecer na Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG) a partir das 10 horas e será aberto ao público.
Na pauta da coordenadora a importância dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio na gestão municipal e o desenvolvimento local. Ela deve tratar ainda questões relacionadas ao portal ODM, a Agenda de Compromissos municipais além dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) que devem substituir os ODM após 2015, prazo dado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o alcance dos Objetivos do Milênio.
A presidente da AMCG, e prefeita do município de Tibagi, Ângela Mercer de Mello, destaca a importância do evento para o desenvolvimento regional. “É uma honra receber uma oficial da Organização das Nações Unidas em nossa região”, disse. Para ela a palestra será uma forma de esclarecimento aos prefeitos dos Campos Gerais quanto aos ODM. “Este é um tema que foi muito comentado, mas para os gestores, que na sua maioria estão em um primeiro mandato, é um assunto novo”, avalia.
Além disso, a presidente da AMCG ressaltou a parceria da entidade na atuação e retomada, no início deste ano, do Núcleo Regional dos ODM. “Como Associação já fazemos parte deste processo de alcance dos Objetivos previstos pela ONU”, exultou.
Para o coordenador do Núcleo Campos Gerais, o professor Nelson Canabarro é muito importante o alinhamento dos prefeitos para o alcance dos ODM, isso antes da chegada dos ODS. “Tem muitos gestores que não sabem, mas o Tribunal de Contas (TCE) já está cobrando em suas prestações algumas metas dos Objetivos do Milênio”, destaca.

Trajetória
Ieva Lazareviciute é graduada em administração de empresas pela Universidade de Tecnologia de Kaunas (Lituânia), Mestre em Gestão Publica pela Universidade de Kansas (EUA). Atualmente no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil, ocupa a posição de Oficial de Desenvolvimento Humano e de Capacidades. No PNUD desde 2004 Ieva Lazareviciute ocupou as posições de Especialista de Operações Estratégicas do Escritório de Políticas de Desenvolvimento em Nova Iorque e Assessora de Programa do PNUD Brasil. Suas áreas de especialidade são gestão pública, desenvolvimento humano, desenvolvimento local e fortalecimento de capacidades municipais.

Fonte: Assessoria de comunicação da AMCG