Centro Regional de Especialidades e Centro Mãe Paranaense são inaugurados

Foto: Divulgação
            O prefeito Marcelo Rangel participou ontem quarta-feira (9) da inauguração do Centro Regional de Especialidades dos Campos Gerais e do Centro Mãe Paranaense, que atenderá 18 municípios da região. A solenidade contou com a participação dos prefeitos e secretários que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais. A sede está localizada na rua Coronel Bittencurt, 270, no Centro e possui uma estrutura de aproximadamente 470 metros quadrados. Primeiramente o local vai abrigar o Centro Mãe Paranaense, que terá um ambulatório para gestantes de risco intermediário. Depois na mesma sede irá funcionar o Centro Regional de Especialidades dos Campos Gerais.  O inicio do atendimento está previsto para o mês de maio.
            “Esta é uma grande conquista para Ponta Grossa e região, a intenção é desafogar o sistema. Acredito que trabalhando dessa forma em parceria com os demais municípios teremos mais avanços na saúde”, afirma que o prefeito Marcelo Rangel, que também destacou a construção do Centro Regional de Especialidades: “nós teremos também um Centro Regional de Especialidades que atenderá toda região, já temos garantidos R$ 7 milhões para construção e R$ 5 milhões compra de equipamentos, recursos oriundos do Governo do Estado”, conclui Rangel.  No entanto todo o projeto foi desenvolvido pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde. Com atendimento para toda a região, serão ofertadas mais de 30 especialidades. A obra terá aproximadamente 3 mil metros quadrados e será construída na Avenida Monteiro Lobato, nas proximidades da APAE.

            Para o presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde e prefeito do de Castro, Reinaldo Cardoso, Centro de Especialidades, inaugurado nesta quarta,  representa muitas melhorias para todos os municípios.  "As principais dificuldades enfrentadas hoje na área da saúde são as consultas com especialistas e a realização de exames de alta e média complexidade. Pelo consórcio e com o funcionamento do Centro Regional de Especialidades, poderemos oferecer este atendimento à população e com custos menores", destaca. 

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa