Escolas públicas estaduais estarão fechadas no dia 23 de abril

Foto cedidas pela APP
Trabalhadores da Educação do Paraná declaram greve  a partir do dia 23 de abril. Ponta Grossa é apenas uma a participar desse ato em prol de melhorias nas condições de ensino no Paraná. A APP-Sindicato reuniu seus 29 Núcleos Regionais que compareceram à Assembleia Estadual da APP-Sindicato para votar a realização da greve.

As principais reivindicações dos educadores, segundo Vera Rosi Lopes, presidente da APP - Sindicato Núcleo Ponta Grossa - são a implantação do Piso Nacional para professor, reajuste no índice do Piso Regional para os funcionários das escolas e o pagamento de promoções atrasados, entre outros fatores que já foram apresentados ao governo do Estado, mas não obtiveram boas respostas.
Segundo a agenda das mobilizações informadas pela presidente “dia 9 terá a Marcha da classe trabalhadora em São Paulo, na Praça da Sé às 9h”. Apesar da localização Vera afirma que será enviada uma caravana com os manifestantes do Paraná.
No dia 14 de abril, último dia de mobilizações antes da paralisação das escolas públicas estaduais, será realizada uma mobilização com vigília dos aposentados (reivindicando a implantação no nível II na tabela). “O que é esse nível II? Os professores se aposentaram em uma certa data em que o plano de carreira ainda não estava em vigor. Quando foi implatado, esses professores ficaram em desvantagem e eles tem esse direito”, explica Vera.
No dia 23 de abril começará a greve geral das escolas estaduais  e nesse dia também inicia o acampamento em frente ao Palácio Iguaçu em Curitiba. 
Acesse todas reivindicações através do link: 
http://www.appsindicato.org.br/Include/Paginas/noticia.aspx?id=9793 
Escrito por: RAFAELA OLIVEIRA / Portal Comunitário