Microempreendedores terão orientações gratuitas sobre gestão

Foto: Divulgação
         A partir de julho, os microempreendedores individuais formalizados em Ponta Grossa irão receber, gratuitamente, uma consultoria de gestão de negócios, através do Negócio a Negócio, um programa do SEBRAE que será desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional. Através da consultoria, o programa irá auxiliar os microempreendedores em questões sobre finanças e operação, ajudando-os a crescer. Ao mesmo tempo em que acompanhará os novos microempreendedores, o Negócio a Negócio também auxiliará os 5.386 microempreendimentos já formalizados em Ponta Grossa.
         O convênio para o desenvolvimento do programa em Ponta Grossa foi assinado nesta sexta-feira entre o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Álvaro Scheffer, a chefe de Divisão de Fomentos ao Empreendedorismo da pasta, Tônia Mansani, e o gerente regional do SEBRAE, Joel Franzem Junior. As consultas serão feitas por agentes capacitados pelo SEBRAE, que farão o diagnóstico e irão propor soluções para os problemas encontrados. “Todos os microempreendimentos de Ponta Grossa serão atendidos”, garante Scheffer.
         O Negócio a Negócio consiste em três etapas. Na primeira visita, é feito o cadastramento e os microempresários devem responder a um questionário que aborda planejamento, clientes, fornecedores, pontos de venda, qualidade, produtividade, estoques, vendas, crédito e caixa. É a partir destas respostas que será feito o diagnóstico da microempreendimento, que apontará os pontos a serem melhorado. “Todas as respostas são inseridas num sistema específico do programa, que dará uma devolutiva mostrando as falhas que precisam ser corrigidas”, explica Tônia.
         Na segunda visita, que será feita quinze dias depois da primeira, a equipe de profissionais sugere ao microempreendedor um plano de trabalho a ser seguido pela empresa, apontando as questões a serem melhoradas. Juntos, microempreendedor e consultor montam um plano de ação. Trinta dias depois, a feita a terceira visita, quando será verificada a aplicação do plano.
         Para o gerente regional do SEBRAE, o Negócio a Negócio é uma excelente oportunidade para os microempreendedores que estão iniciando o negócio. “A gente percebe, no SEBRAE, que o principal motivo de uma empresa não ir pra frente é a má gestão. E quando esta gestão é bem feita, a empresa só evolui”, diz Franzem. Segundo ele, o programa dá condições para que a microempresa possa crescer e passar de microempresas para pequenas empresas.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Candidato a Deputado Estadual 54200

SAIBA MAIS

Leandro Soares Machado quer melhorias para saúde e segurança

Na Alep, Leandro garante que promoverá o fortalecimento dos Campos Gerais   Depois de disputar as eleições para prefeito de Ponta Gross...

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *

Instagram @leandrosoaresmachado