Palmeira recebe livros do Infância Mundo Melhor

Foto: Divulgação
No ultimo dia 06, a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Palmeira recebeu exemplares do livro ‘Educação para a paz como caminho da infância’ lançado pelo Instituto Mundo Melhor (IMM). O material foi entregue para a secretária municipal, Lídia Mayer de Freitas, Elenice da Cruz Gonçalves e Lucimara Kostrzewicz Candeo da equipe pedagógica. Ele reúne os casos de sucesso do projeto Infância Mundo Melhor durante o ano de 2013. A obra traz o relato das iniciativas desenvolvidas em mais de 40 instituições de ensino de Carambeí, Castro, Fernandes Pinheiro, Ipiranga, Irati, Palmeira e Ponta Grossa.
A secretária municipal de Educação, Cultura e Esporte de Palmeira, Lídia Mayer de Freitas, só vê pontos positivos na iniciativa. “Além do trabalho desenvolvido durante os encontros presenciais do Infância Mundo Melhor e cursos on-line oferecidos, agora nós temos essa publicação. O livro traz ações de sucesso desenvolvidas em Palmeira, o que contribui muito para a motivação das profissionais da educação”, destaca. Ela acrescenta que os professores gostaram da proposta e estão participando ativamente do projeto.
Para Jeroslau Pauliki, presidente do IMM, o Infância Mundo Melhor tem muito a contribuir com a sociedade. “A capacitação dos educadores é importante para garantir que as crianças tenham qualidade de vida no futuro. A valorização dos profissionais da educação é fundamental”, assinala. Ele enfatiza ainda que os professores podem usar os certificados emitidos pelo projeto no seu plano de cargos e salários.
Os conteúdos de educação para a paz são ministrados em parceria com o Núcleo de Estudos e Formação de Professores em Educação para a Paz e Convivências da Universidade Estadual de Ponta Grossa (NEP/UEPG). “O limite da violência traz alternativas. Olhar para o princípio da cultura de paz nos coloca como protagonistas em processos de não violência. É utopia pensar políticas públicas de enfrentamento da violência e segurança com foco apenas na repressão, pois existe também uma dimensão educacional”, comenta o coordenador do NEP/UEPG, Nei Alberto Salles Filho. Ele frisa que a educação para a não violência se dá nas escolas. “O NEP trabalha com a formação de profissionais da educação em metodologias e estratégias de prevenção da violência, mediação dos conflitos escolares dos alunos e educação em valores humanos. O IMM nos deu a oportunidade de atuar ainda mais realidade”, sublinha.
Nos próximos dias, o livro ‘Educação para a paz como caminho da infância’ será entregue em Castro, Carambeí, Ipiranga e Ponta Grossa. Em 2013, o Infância Mundo Melhor atuou em 13 municípios paranaenses durante o ano de 2013 oferecendo conteúdos on-line e encontros presenciais. 

Fonte: Assessoria de comunicação do IMM