PG já tem Conselho de Segurança Alimentar

Foto: Divulgação
Ontem terça-feira (19), durante o I Fórum de Segurança Alimentar e Nutricional de Ponta Grossa, que reuniu dezenas de pessoas no Centro de Cultura, foi formado o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA), importante passo para ampliar a participação social no processo de construção das políticas públicas de segurança alimentar e nutricional na cidade.
Composto por representantes das Secretarias Municipais de Abastecimento, Agricultura e Pecuária, Assistência Social, Educação, Saúde e Administração e Negócios Jurídicos e por mais 12 conselheiros, o CONSEA irá promover debates com a sociedade civil sobre diretrizes e principais estratégias que orientam as políticas de segurança alimentar e nutricional. Os conselheiros eleitos durante o Fórum foram: Emy Grein, Silvio Suita, José Valdinei Alves Cordeiro, Luis Pereira dos Santos, Jocemara dos Santos, Leandro Soares Machado, Sidnei Tilpe, Maria Izabel de Souza, Fabiane Bogdonovicz, Juliana de Jesus Maciel e Sueli Monsen.
De acordo com o presidente da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional e também secretário de Abastecimento, Sérgio Zadorosny Filho, esta é uma das principais iniciativas no avanço da Segurança Alimentar em Ponta Grossa, que faz parte da grande evolução que a Prefeitura de Ponta Grossa tem promovido para aprimorar as políticas públicas de combate à fome e a desnutrição no município. “Através do CONSEA será possível formular e implementar políticas e planos de segurança alimentar e nutricional mais efetivos, estimular a integração dos esforços entre governos e sociedade civil, bem como acompanhar, monitorar e a avaliar as ações desenvolvidas no município para que estejam em consonância com a Política e Plano Nacional e Estadual”, afirma Zadorosny.
Para a presidente do Conselho Regional de Segurança Alimentar e Nutricional (CORESAN), Maria Izabel Correa, a formação do CONSEA permite que cada setor ligado à segurança alimentar desenvolva ações para sua promoção e que diferentes setores trabalhem de maneira interligada e articulada, potencializando resultados. “É importante que várias políticas e estratégias sejam construídas e geridas em conjunto, mas para isso é necessária a mobilização da sociedade”, destaca Maria Izabel.
Foto: Divulgação
A secretária executiva da CAISAN, Mariani Ueda, destaca que a cidade que possui CONSEA tem mais acesso aos programas e recursos estaduais e federais. “O Conselho é uma ferramenta que propõe debates e fóruns democráticos abertos à participação popular. As sugestões são levadas ao CONSEA e, então, para o governo, que aplica as propostas”, enaltece Mariani.

Também participaram do evento secretário de Governo, Ricardo Linhares, secretária de Educação, Esméria Savelli, secretária de Saúde, Ângela Pompeu, secretário de Agricultura, Gustavo Ribas, e supervisora de Assistência Social, Beatriz Souza.

 Fonte: Assessoria de comunicação SMAB