PG tem 1º Procurador Geral da Procuradoria Independente

Foto: Divulgação
O prefeito Marcelo Rangel anunciou ontem terça-feira (6) o nome do primeiro procurador geral, Emerson Ernani Woyceichoski, nome com currículo invejável e com endosso da Universidade Estadual de Ponta Grossa. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva, concedida pelo prefeito, que teve a seu lado também, secretários, vereadores, deputados federais e representantes dos deputados estaduais, procuradores e os servidores que trabalham na procuradoria. Rangel falou que tem orgulho em dividir a administração pública de Ponta Grossa com um homem de tamanha competência.

O procurador foi Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (Subseção de Ponta Grossa), Conselheiro Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (Seção do Paraná) e Secretario da Comissão Nacional de Defesa e Valorização da Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil e diz estar honrado em fazer parte desta conquista.
“Estou satisfeito, faremos um trabalho de equipe. Foi com muita honra e devoção que aceitei este convite. É um ato corajoso e de independência, Ponta Grossa ficará na história”, diz Woyceichoski.
Woyceichoski é extremamente reconhecido na cidade, recebendo em 1998, o Título de Cidadão Benemérito de Ponta Grossa. Em 1999 foi agraciado pelo Comandante Geral da Polícia Militar do Paraná com a Medalha “Cel Sarmento”, essa é a mais alto condecoração do Polícia Militar do Paraná. Já em 2002 recebeu Título de “Colaborador Emérito do Exército”, concedido pelo Comandante Militar do Sul. E em 2002, recebeu a “Medalha do Pacificador”, conferida pelo Comandante do Exército Brasileiro.