Prefeitura de PG entrega 32 mil itens apreendidos para Receita Federal

Foto: Divulgação
Na ultima sexta-feira (23), a Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQF) esteve na Receita Federal para entregar mercadorias apreendidas nas ultimas operações. Ao todo foram mais de 32 mil itens, entre eles, cigarros, dvds, perfumes e óculos.

“Modelos de óculos falsificados ou com lentes de baixa qualidade não possuem garantia de proteção, podendo ser nocivos e acabar causando problemas oculares”, diz a diretora geral da secretaria, Patrícia Ecave.
Só de cigarros contrabandeados foram apreendidos cerca de 30 mil. De acordo com uma pesquisa desenvolvida desde 2012 na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) os cigarros vindos do Paraguai têm em sua composição: pêlo de animais, terra, areia vestígios de plásticos, restos de insetos, colônias de fungos, ácaros e metais cancerígenos como chumbo, cádmio, níquel, cromo e manganês.
 “Por isso nossa preocupação e o motivo de trabalhamos no combate a pirataria que reproduz, vende e distribui produtos sem a devida autorização, pagamento dos direitos autorais e são de procedência duvidosa. Além do prejuízo na arrecadação de impostos, a pirataria ainda gera desemprego, problemas de saúde, rouba invenções e ideias de terceiros, pratica concorrência desleal e alimenta o crime organizado”, conclui Ecave.
O secretário Paulo Carbonar destacou que toda a apreensão e fiscalização realizada pela SMICQP são feitas de forma educativa através de abordagens com orientações e informações, os interessados são encaminhados para verificar oportunidades de emprego na Agência do Trabalhador e também para Sala do Empreendedor, onde são esclarecidas duvidas para formalização de micro e pequenos empresários.
Segundo o agente da receita federal Giovani Munsberg os produtos como cigarros, cds, óculos e isqueiros são levados para trituração na unidade da Receita Federal em Foz do Iguaçu e destinado para olarias. Bebidas e perfumes são encaminhados para Unicentro de Guarapuava, que possui parceria com a Receita, onde acadêmicos realizam pesquisas e transformam em álcool gel.

Toda a ação contou com auxílio da Guarda Municipal.

Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa