23 de fevereiro Dia do Rotariano


O Rotary é a maior e mais respeitável organização não governamental da humanidade. É um clube de profissionais, que congrega líderes das comunidades em que vivem ou atuam, fomentando um elevado padrão de ética, ajudando a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo e que prestam serviços voluntários não remunerados em favor da sociedade como um todo ou beneficiando pessoas necessitadas ou entidades que atuam também em favor de desamparados.


Fundado por Paul Harris, em Chicago (USA), em 23 de fevereiro de 1905, tem hoje representação em 207 países, estando o Rotary dividido em 532 distritos, nos quais se aglutinam a apreciável marca de 33.054 clubes, congregando 1.228.910 sócios. No Brasil, temos 52.148 rotarianos, 2.305 clubes, 38 distritos, 626 Rotaract Clubs, 689 Interact Clubs e 9.447 rotarianas. A vertiginosa expansão da filosofia rotária, entusiasmando essa imensa legião de voluntários pelo mundo, é a maior prova do acerto de Paul Harris ao fundar essa maravilhosa organização. E que neste ano comemora 110 anos de serviços humanitários. 

Por certo, em algum momento já terá ouvido falar em Rotary International, Rotary Clube ou simplesmente em Rotary. Eventualmente, poderá até ter participado de algum evento realizado por um Rotary. Mas cá entre nós, honestamente, será que o amigo sabe realmente o que é Rotary? Será que sabe o que faz o Rotary? O que fazem e porque o fazem seus membros chamados de rotarianos?

Pois bem, são esses os esclarecimentos que neste momento vimos oferecer-lhes através desta pequena literatura. O Rotary se identifica sempre por um logotipo, que é uma roda denteada. Os rotarianos a usam em forma de um pequeno distintivo, como forma de se identificarem.

O Rotary é membro permanente das Nações Unidas. Na fundação desta importante organização, em 10 de dezembro de 1948, mais de 40% das pessoas envolvidas na sua fundação, eram rotarianos. A ONU é uma entidade internacional de caráter político, uma assembleia internacional de países, e só tem três membros que não são países, mas que, pela sua importância, têm assento naquela assembleia: a Cruz Vermelha, o Vaticano e o Rotary.

O Rotary é formado por distritos, e os distritos são formados por clubes. Cada clube é uma célula do organismo mundial, sendo autônomo por si, mas respeitando a hierarquia e as normas básicas emanadas da direção geral, que é comandada por um presidente mundial. Cada distrito é administrado por um governador, e cada clube é dirigido por um conselho diretor, comandado por um presidente. Todos esses cargos são sempre apenas por um ano, o que garante ampla democracia e permanente renovação. O período de gestão é o ano rotário, que começa sempre em primeiro de julho e vai até 30 de junho do ano seguinte. Todos os cargos são honoríficos, portanto, não remunerados.

O Rotary é formado por pessoas de ambos os sexos, que são profissionais de todas as atividades dignas, de vida particular respeitável, que são líderes em suas atividades e se destacaram de alguma forma, tendo por isso mesmo sido lembrados por sócios de um clube da região. O lema para o ano rotário 2014/2015 é: “Faça o Rotary Brilhar”. 

Fonte: www.rotarybrasil.com.br