PG e a falta de combustível

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Ponta Grossa informa que, devido à greve nacional dos caminhoneiros, houve um desabastecimento de combustível no posto do parque de máquinas da prefeitura. Nesta terça-feira (24), o secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Alessandro Lozza de Moraes, anunciou o início do sistema de racionamento de combustível para veículos da prefeitura.

Segundo ele, é uma situação bastante difícil para todos os ponta-grossenses, que já estão formando grandes filas nos postos de combustível. “A falta de combustível terá impacto principalmente na Secretaria de Obras, que naturalmente tem grande demanda de serviços devido ao excesso de chuvas das últimas semanas”, analisa o secretário. Lozza acrescenta que toda a frota da Prefeitura de Ponta Grossa será atingida, aproximadamente 200 veículos entre automóveis e máquinas. “Como não temos previsão para o término da manifestação dos caminhoneiros, nossa atitude de imediato é a redução do volume de combustível liberado para cada veículo, para que não falte para os serviços essenciais”, afirma.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa