Convite a uma reflexão

Estamos vivendo em uma época em que a cada dia nos deparamos com alguma notícia bombástica! Corrupção aqui, corrupção ali, vidas sendo colocadas na roleta russa e descartadas sem o menor escrúpulo de seus algozes. Estamos chegando ao absurdo de que não nos escandalizamos mais, muito pelo contrário, ficamos tentando nos preparar psicologicamente, pois sabemos que outras noticias virão, mas não sabemos se é de lá do exterior, se é da casa do vizinho ou pior, se é de “dentro da casa” da gente.


Qual seria a solução para conseguirmos uma sociedade mais justa e cidadãos menos interessados somente nos seus próprios interesses a qualquer custo?

Um dia desses assisti a uma palestra de Carlos Kazuga (Presidente da Yacult no México) comentando sobre a importância do SER antes de qualquer coisa que nos propomos a fazer: SER honesto, SER trabalhador, SER disciplinado, SER ético, SER gentil e respeitar o próximo, SER pontual aos compromissos, etc.

Ao homem para ter qualidade e sucesso em tudo o que vai fazer se faz necessário antes o SER e o SER começa a ser moldado no seio familiar e depois na escola. Ao comentar sobre a forma de viver do japonês, destaca que a educação dos cidadãos japoneses é a base para tudo e é aí que está o alicerce de uma sociedade vencedora. No Brasil também tem esta consciência, mas a mesma, sem ATITUDE é o mesmo que não tê-la. Lá quando os alunos vão para escola o respeito que se tem para com os professores é fantástico. O mesmo ocorre com o governo para com eles. 

Vale destacar o respeito para com os mais velhos que também é levado muito a sério. Para se ter ideia os voos que chegam ou saem do Japão ocorrem após as seis da manhã e antes das dez da noite porque sabem que o bem estar coletivo é mais importante e que todos merecem um boa noite de sono. Uma nação que pensa desta forma só poderia estar numa posição de terceira maior potência mundial devido sua disciplina e educação. Não se consegue as coisas do dia para noite e lá eles têm esta filosofia de antes de pensar no TER é preciso construir o SER. Se eu fosse resumir a preocupação deles seria nesta frase “Vamos nos preocupar em formar cidadãos éticos e então nosso sucesso como nação estará garantido”.

De acordo com Sérgio Cortella ética é o conjunto de valores e princípios que nós usamos para decidir as três grandes questões de nossas vidas. Quero, Devo, Posso?
É importante que antes de tomarmos qualquer atitude façamos esta reflexão: Tem coisas que eu Quero, mas não Devo. Tem coisa que eu Devo, mas não Posso. Tem coisa que eu Posso, mas não Quero.

Para ter certeza de que tomaremos a decisão correta e se estaremos com paz de espírito, façamos a seguinte reflexão de que se aquilo que Queremos, é o que Podemos e é o que Devemos.

A ética aparece, portanto, como um sistema que realiza uma reflexão sobre aquilo que é correto e o que é incorreto, de forma mais universal e atemporal.
O desafio das empresas é antes de tudo buscar pelas mudanças de comportamento dos seus colaboradores antes de iniciar qualquer outra abordagem. A Visão e a Missão da empresa devem ser de conhecimento de todos e coerente com o comportamento de seus dirigentes, caso contrário será somente mais um quadro na parede que servirá de máscara para seus objetivos escusos.

Na dúvida chame o Consultor


Acesse o perfil de Sérgio Ditkun Clique Aqui }