Apadevi apresenta trabalho desenvolvido com 194 alunos

Foto: Divulgação
A Associação Pais Amigos do Deficiente Visual (Apadevi) na semana passada a visita do prefeito Marcelo Rangel e o secretário de Assistência Social, Júlio Küller. Os projetos e todo o trabalho desenvolvido pela entidade para prestar assistência a 194 alunos, cegos ou com baixa visão, foram apresentados para o prefeito e o secretário, que também ouviram as necessidades mais urgentes da entidade para o atendimento de deficientes visuais em Ponta Grossa.


Em 2015, a Apadevi completou 30 anos de atendimento para todas as faixas etárias, desde bebês até a terceira idade. As atividades são pensadas individualmente para cada aluno, de acordo com o laudo oftalmológico. “O atendimento é feito de acordo com a dificuldade visual de cada aluno. Trabalhamos com a estimulação precoce, estimulação sensorial e com resíduo visual. Também trabalhamos com reeducação visual, alfabetização em braile e apoio na escolaridade”, explica a diretora da instituição, Silmara Bus de Oliveira.

O trabalho desenvolvido pela Apadevi é importante para que as pessoas como limitações na visão conquistem independência e inclusão social. “Principalmente no que se refere a locomoção, para que elas conquistem independência de ir e vir. Outro ponto que atuamos é na independência para se alimentar. Muitos, que perdem a visão, têm dificuldade em fazer coisas simples, como cortar um pão ou descascar uma fruta. Trabalhamos para que ela adquira confiança e reaprenda a fazer tudo aquilo que estava deixando de lado devido a cegueira”, conta ela.
“A Apadevi é uma instituição de muito respeito na comunidade, atendendo pessoas que perderam ou que nasceram com problemas de visão. É uma instituição parceira do município. A Prefeitura tem um convênio com a Apadevi, já há bastante tempo, e a gente trabalha em parceria para atender esse público. Ouvimos as principais demandas e necessidades da entidade e vamos fazer o possível para ajudá-los no serviço. Para aumentar a arrecadação de renda, a Apadevi é uma das instituições que participa do projeto Chá das Entidades”, destaca o secretário Júlio Küller.

“Essa entidade é um orgulho para todos os ponta-grossenses pelo trabalho que realiza e pelo empenho dos alunos, porque é um trabalho em conjunto, existe também a dedicação por parte das pessoas que utilizam esse serviço, porque acabam dando o exemplo para outras pessoas que tem as mesmas dificuldades. Temos na Apadevi atletas com bom desempenho e pessoas que tiveram uma grande evolução, pessoas que estão se adaptando a uma vida nova. Se não fosse essa entidade, enfrentariam ainda mais dificuldades, com todas as possibilidades de inclusão”, comentou o prefeito, durante a visita.


O próximo passo da entidade é conseguir concluir as obras da nova sede. Parte do recurso para erguer o espaço será obtido com a administração do restaurante na rodoviária, mantido pela instituição. Quem quiser fazer parte desse time de alunos, basta entrar em contato pelo 3223-0784 e conversar com a assistente social, ou ir pessoalmente na sede da Apadevi, munido de laudo oftalmológico e documentos pessoais, dos pais ou responsáveis, no caso de crianças. A Apadevi fica na rua Pernambuco, Olarias.

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa