Entidades recebem R$ 700 mil do Fundo da Criança e Adolescente

Foto: Divulgação
O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) formalizou hoje o repasse de R$ 700 mil para 16 entidades do município, que realizam trabalhos e projetos com crianças e adolescentes. O recurso provém do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que atingiu essa quantia com doações de pessoas física e jurídica. O valor destinado ao Fundo é deduzido do Imposto de Renda ou acrescido na restituição.


“Conseguimos arrecadar uma quantia expressiva para repassar às entidades, mas esperamos contar com a adesão de mais contribuintes no próximo ano, já que o potencial de arrecadação na cidade para o Fundo é de R$ 3 milhões”, apontou o presidente do CMDCA, Francisco Kapfenberg. Só é possível destinar recursos de doações através do Fundo para instituições que tiveram seu pré-projeto aprovado no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Com este recurso, serão beneficiadas as entidades Associação Beneficente Lua Nova, Ministério Melhor Viver, Casa do Menor Irmãos Cavanis, Associação de Promoção a Menina (APAM), Instituto João XXIII, Centro de Equoterapia dos Campos Gerais, Apadevi, Francisclara, Jocum, União das Irmãs da Copiosa Redenção, Cidade dos Meninos, Aldeia das Crianças, Escola de Guardas Mirins, Instituto Duque de Caxias, Abase Casa do Piá e Associação de Proteção aos Autistas.

O prefeito Marcelo Rangel e o secretário municipal de Assistência Social (SMAS), Júlio Küller, acompanharam a formalização do repasse e destacaram a importância de que mais empresas, indústrias e pessoas jurídicas se conscientizem sobre as doações para as entidades, de forma a aumentar essa arrecadação de recursos para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

“É preciso que haja mais divulgação para os contribuintes sobre essa possibilidade de destinação de recursos para as entidades do município. Precisamos trabalhar em conjunto para conseguir aumentar essa arrecadação e garantir mais verbas às instituições que trabalham com nossas crianças e adolescentes”, apontou o prefeito. “É vontade da SMAS trabalhar junto com o Conselho em busca de novas formas de aumentar a adesão dos contribuintes, mais conscientização dos contadores. Queremos que um número cada vez maior de pessoas abrace essa ideia”, avaliou Küller.

Como funciona?
Todos os contribuintes, tanto empresas quanto pessoas físicas, podem destinar uma parte para o Fundo Municipal. O recurso fica em nossa cidade e é depositado numa conta específica. Os recursos são encaminhados à instituição de sua escolha e este valor é deduzido do imposto devido. Assim, tanto a pessoa jurídica como a pessoa física podem ir abatendo no valor que vão pagar. A vantagem é que este dinheiro é aplicado no município e a pessoa ou empresa que contribui com parte do seu Imposto de Renda devido pode acompanhar diretamente o destino de sua aplicação. Além disto, estará contribuindo com a melhoria das condições de vida de nossas crianças e adolescentes.


Em Ponta Grossa, as doações podem ser feitas através do Banco do Brasil, Agência 0030-2, Conta Corrente 86000-X. Os comprovantes de depósito devem ser enviados para o e-mail cmdcapg@hotmail.com para que os recibos assinados sejam encaminhados. Mais informações na sede do Conselho, rua Coronel Dulcídio, nº 54, ou pelo 3901-1810/3224-5501.

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Candidato a Deputado Estadual 54200

SAIBA MAIS

Leandro Soares Machado quer melhorias para saúde e segurança

Na Alep, Leandro garante que promoverá o fortalecimento dos Campos Gerais   Depois de disputar as eleições para prefeito de Ponta Gross...

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *

Instagram @leandrosoaresmachado