Dia 11 de outubro é o Dia Nacional do Deficiente Físico acesso em PG

No Dia Nacional do Deficiente Físico, Ponta Grossa demonstra em números as melhorias voltadas para esse público, e mantém a preocupação com novos projetos de acessibilidade
Foto: Divulgação
A prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Planejamento e do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Iplan), fez a instalação de 464 rampas de acesso para deficientes físicos nos últimos três anos. O número é resultado da soma dos trabalhos realizados por empresas contratadas pelo Município para obras de pavimentação e revitalização de ruas e que, a pedido do Município, incluíram esses itens de acessibilidade nos projetos.

De acordo com a arquiteta do Iplan, Nadia Besciak, a criação das rampas de acesso faz parte de uma norma, a NBR 9050/2004. Por isso, todos os novos empreendimentos precisam ter essa facilidade de acesso aos cadeirantes. “Em todos os projetos que passam pelo Iplan, o item acessibilidade é incluído. De acordo com essa norma, todos as edificações de acesso público e calçadas devem possuir rampas para cadeirantes”, diz Nádia.

Ela destaca, também, que a norma está sendo atualizada, e terá novas exigências que começam a valer neste domingo, dia 11 de outubro, quando é celebrado o Dia Nacional do Deficiente Físico. “A equipe do Iplan está acompanhando as alterações da norma, para colocá-las em prática nos novos projetos”, informa a arquiteta.

Algumas das localidades que receberam a instalação das rampas entre 2013 e 2015 foram o Jardim Panorama, Vila Izabel, Vila Borato, Vila Ildemira e Jardim Planalto. Ainda há previsão de instalação de outras 215 rampas em obras que estão em execução, e mais 80 em projetos que aguardam aprovação de convênios.

Apesar dos avanços, ainda há muito a fazer no que se refere a acessibilidade, especialmente considerando que muitas calçadas antigas são estreitas demais para a locomoção de qualquer pedestre. O Município possui 14 entidades conveniadas, cujo foco são as pessoas com deficiência. Só o Departamento da Pessoa com Deficiência, vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social, atende de 150 a 180 pessoas por mês com fisioterapia, fonoaudiologia, entre outras atividades.

Acessibilidade
O município de Ponta Grossa foi destaque nacional, no ano passado, no que se refere aos projetos de acessibilidade. O Iplan desenvolveu a proposta de criação de um sistema para elaboração de projetos para requalificação de calçadas, adequando novas áreas para pessoas com deficiência física e restrição de mobilidade. Os projetos vão abranger o Centro da cidade e as áreas do entorno das instituições voltadas aos deficientes. Também serão contempladas as áreas da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no Núcleo Santa Paula e a Praça do Esporte e da Cultura (PEC), situada na Vila Coronel Cláudio. Os estudos preliminares foram realizados em conjunto com entidades sociais ligadas às pessoas que possuem restrições de mobilidade.

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA

CONTRIBUA PARA A CAMPANHA
Leandro Soares Machado Candidato a Deputado Estadual 54200

SAIBA MAIS

Leandro Soares Machado quer melhorias para saúde e segurança

Na Alep, Leandro garante que promoverá o fortalecimento dos Campos Gerais   Depois de disputar as eleições para prefeito de Ponta Gross...

Entre em contato:

Nome

E-mail *

Mensagem *

Instagram @leandrosoaresmachado