12 de novembro de 2015

Lousa digital nas escolas municipais de PG

Foto: Divulgação

Recentemente o Portal Le Soma divulgou que Ponta Grossa recebeu através do programa ProInfo Integrado, do Ministério da Educação (MEC), investimento de R$ 27,5 mil na aquisição das 43 lousas, e R$ 9 mil com os computadores interativos. E como contra partida o município capacitou mais de 300 professores da rede municipal. 

Certa vez li um artigo que apontava a temática, de que uma criança antes de ingressar no primário uma criança já assistiu mais de 5 mil horas de TV e se alimentou de todo o tipo de informação.

Desta forma o professor tem que estar adaptado e habilitado para trabalhar com esse público, caso contrário não adiantará qualquer outro tipo de atrativo. Esse é o processo evolutivo da educação dinâmica, que opera em mais de um eixo para transcender a realidade do educando que se adapta ao contexto social contemporâneo para aplicar o ensino de forma eficaz. 

Ainda é difícil adaptar-se com essa inclusão que exclui, seja pela falta ou pelo excesso de informação, acredita-se que os meios de comunicação e as novas tecnologias; se utilizada de forma adequada, pelos nossos jovens será o diferencial das novas gerações, pois a informação estará cada fez mais clara e disponível, mas terá que ser incorporado um senso crítico, que só é adquirido nos bancos escolares.

SAIBA MAIS

Evento Rotary Distrito 4730: Empreender é o Futuro!

Primeira edição do evento Empreender é o Futuro, com cunho beneficente, realizado pelo Rotary Club Distrito 4730.  Venha potencializar su...