Reflexão sobre o sepulcro

Leandro Soares Machado
Triste não é chorar pela pessoa especial que faleceu, pois essa sabemos que teve uma vida de virtude, sendo espírito voltou ao cosmo, para junto do criado do universo.
Triste mesmo, é chorar pelo que vive, que mesmo sendo especial, tivemos que sepultar na câmara mortuária do esquecimento, lá onde vive tudo que não queremos reviver.

Muito bem, viva o hoje, o amanhã é transitório e passageiro, pois sempre teremos a expectativa que o amanhã virá...