2 de abril de 2013

Audiência debate melhoria no transporte coletivo



   A população de Ponta Grossa teve a oportunidade de discutir sobre as mudanças para o transporte público, na primeira audiência pública do transporte que ocorreu nesta terça-feira (2) na Câmara Municipal. Participaram da reunião o prefeito Marcelo Rangel e os secretários municipais, representantes de diversas entidades sociais, empresários, vereadores e usuários do transporte. A discussão foi possível graças à decisão de Rangel em anular a renovação do contrato com a Viação Campos Gerais (VCG). No ano passado, o então prefeito Pedro Wosgrau Filho renovou o contrato, estendendo-o por mais dez anos. Rangel foi contrário à decisão do então prefeito e anulou aquela medida.
Para a audiência de ontem, foram distribuídos formulários para apresentação de sugestões e reivindicações. A última audiência pública realizada em Ponta Grossa para discutir o transporte coletivo público ocorreu há mais de dez anos. Além disso, a comunidade pode encaminhar suas sugestões e reivindicações para a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) e na Câmara dos Vereadores. Todas as manifestações serão avaliadas pela AMTT e pela Secretaria de Planejamento.
Para o prefeito Marcelo Rangel ouvir a população é o primeiro passo para melhorar o sistema de transporte. “É através do contato com os usuários de ônibus que vamos buscar as soluções para o transporte, eles conhecem e enfrentam as dificuldades no cotidiano, por isso, vamos analisar todas as sugestões”, diz. O presidente da AMTT, Eduardo Kalinoski, acredita que a audiência cumpriu com o objetivo: “todas as ideias apresentadas foram proveitosas, vamos estudar todos os encaminhamentos da população”, ressalta. De acordo com o secretário de Planejamento, João Ney Marçal, em paralelo as audiências públicas a Secretaria de Planejamento iniciou o processo para formulação do edital de licitação. “Iniciamos o processo do edital de concorrência, estamos sendo cautelosos para que a licitação seja correta, justa e tenha os critérios corretos”, explica.
Preço elevado da passagem, lotação, criação de novas linhas, melhoria na qualidade e falta de fiscalização foram os principais problemas apontados pelos usuários do sistema. Alceu Freitas é morador do Bairro de Olarias e trabalha no comércio e utiliza ônibus todos os dias. “Posso dizer que é um avanço a prefeitura nos dar a oportunidade de falar sobre os problemas do transporte, o prefeito foi corajoso em romper o contrato com a empresa que presta o serviço, espero que com essas discussões nós possamos ter um sistema de transporte público de qualidade e com um preço justo”, diz.  O prefeito Marcelo Rangel tem acompanhado a rotina dos usuários em suas visitas aos terminais de transporte e acredita que muitas melhorias precisam acontecer. “Precisamos de uma fiscalização efetiva, de transparência no sistema e queremos tornar o sistema acessível e com qualidade”, conclui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA