CAMPANHA DE VACINAÇÃO Ponta Grossa deve imunizar cerca de 58 mil pessoas

Em Ponta Grossa, a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, iniciada nesta segunda-feira em todo o país, deve imunizar aproximadamente 58 mil pessoas, entre pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos incompletos, gestantes e portadores de doenças crônicas, desde que portando a declaração médica ou com o SID 10 (código internacional de doença). Este é o público alvo da Campanha Nacional, que segue até o dia 26. As vacinas estão sendo aplicadas em todas as unidades de saúde, das 8h às 17h.
Segundo a enfermeira Ursula Kemmelmeier, da Secretaria Municipal de Saúde, o público previsto pela campanha, principalmente o de pessoas com mais de 60 anos, é o de maior risco, por isso a importância da imunização. Na manhã desta segunda-feira, o prefeito Marcelo Rangel deu exemplo e levou seus pais, Maria Luiza Cruz de Oliveira e Nilson de Oliveira, para tomarem a dose da vacina na Unidade de Saúde Agostinho Brenner, na Vila Maria Otília. “Eu vim acompanhar meus pais, pois a vacinação é um ato importante. Esta é uma maneira de chamar a atenção da comunidade para a importância da prevenção”, afirmou.
A atitude do prefeito deve ser seguida por todos que tenham em casa uma pessoa que se enquadre no público da campanha. De acordo com Ursula, apesar do grande movimento nos postos de saúde no primeiro dia da vacinação, ainda falta conscientização por parte da população. “Nós contamos com a ajuda de mídia e esperamos que a população se sensibilize”, disse a enfermeira. A gripe é uma doença grave e contagiosa, mas que pode ser tratada. 
Os bebês que nunca tomaram a vacina contra a gripe vão receber duas doses, com intervalo de 30 dias. Pacientes já cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão inscritos.  Os que não estão cadastrados precisam de um atestado médico para receber a vacina, que também será aplicada em qualquer posto de saúde.