21 de novembro de 2013

Rangel garante mais médicos para PG

Foto: Divulgação
O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, garantiu nesta quarta-feira, durante série de audiências em Brasília, a conquista do mais importante reforço para o atendimento à saúde da população local. Segundo o prefeito no final da tarde de quarta, Ponta Grosa contará com mais 32 médicos. O prefeito obteve a garantia da vinda dos médicos – dentro do programa “Mais Médicos”, do governo federal, durante audiência com o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mozart Salles.
O prefeito, que participou das audiências acompanhado pelo deputado federal Sandro Alex (PPS-PR), anunciou que os novos médicos são de origem estrangeira (predominantemente cubana e espanhola) e, de acordo com o que foi pactuado nesta quarta-feira, devem apresentar-se para trabalhar em Ponta Grossa até o mês de março. “Trata-se do mais importante passo para ampliar e melhorar o atendimento à comunidade de Ponta Grossa. Teremos um aumento de 25% no total de médicos para atender nos postos de saúde e nas ações de prevenção”. Atualmente a prefeitura de Ponta Grossa conta com 139 médicos, distribuídos em equipes do Programa Saúde da Família, nas unidades básicas, no Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), no Hospital da Criança e no Hospital Municipal, além de outros setores.
“O primeiro médico estrangeiro vai chegar ainda no final deste mês”, confirmou o secretário Salles ao prefeito Marcelo Rangel.
A audiência com Mozart Salles havia sido agendada inicialmente para inclusão da Santa Casa na “Rede Cegonha” e a liberação de emendas do deputado Sandro Alex. O governo federal se comprometeu auxiliar a Santa Casa e a cuidar das emendas parlamentares prevendo investimentos na saúde em Ponta Grossa.
Marcelo agradeceu o empenho do deputado Sandro Alex e o apoio do governo federal, que está “sensível às nossas causas e às nossas reivindicações”. Hoje, diz o prefeito, “temos uma grande parceria com o governo federal, através do nosso deputado Sandro Alex, que só beneficia a população de Ponta Grossa”. Ele também mencionou a visita da presidente Dilma Rousseff à cidade, para a entrega de moradias populares: “foi um exemplo da atenção do governo federal para com nossa cidade e nossa comunidade”. Ainda segundo o Rangel, “a parceria da prefeitura com o governo federal está cada dia mais forte, com estas conquistas”.
Já para o secretário municipal de Saúde, Erildo Müller, os novos médicos vão fazer a diferença para a população: esses profissionais “vão suprir a demanda de médicos nas unidades básicas de saúde, e isso é muito importante para resolver o problema da população lá no lugar em que ela vive, sem precisar ir aos hospitais. O atendimento médico será ampliado consideravelmente com a vinda desses médicos”. Ainda de acordo com Erildo, a perspectiva é excelente: em reunião com representantes de municípios que já receberam médicos na primeira etapa, “tivemos a informação de que todos estão muito contentes com os médicos que vieram e a população muito satisfeita com o atendimento que vem recebendo dos médicos estrangeiros”.
MAIS MÉDICOS
O programa “Mais Médicos”, lançado pelo governo federal, faz parte de um processo de melhoria de atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, garantindo mais médicos disponíveis para regiões e cidades onde há escassez de profissionais – como Ponta Grossa, onde a demanda é muito maior do que a oferta. O prefeito Marcelo Rangel, ao comemorar a conquista de mais profissionais da Medicina para atuar na rede pública em Ponta Grossa, lembrou que todos os esforços desenvolvidos pela Prefeitura para a contratação de profissionais, até agora, foram infrutíferos: “no passado foram feitos diversos concursos, sem inscritos. E novas tentativas também foram infrutíferas”. Segundo o prefeito, com a garantia dada nesta quarta-feira de inclusão de Ponta Grossa no programa “Mais Médicos”, parte do problema será solucionado: “estamos atuando fortemente na organização da estrutura física, recuperando e reformando postos de saúde e investindo em serviços e equipamentos. Mas precisamos, muito e cada vez mais, de médicos para atender nossa população”.
O prefeito também destacou o empenho do secretário Erildo Müller, da Saúde, para cadastramento dos médicos para inclusão no programa “Mais Médicos”, e as reuniões anteriores que tiveram lugar em Brasília, para tentar agilizar esse trâmite.

Governo apóia pleito da Santa Casa

O prefeito Marcelo Rangel e o deputado Sandro Alex acompanharam nesta quarta-feira dirigentes da Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa, que pleiteiam junto ao Ministério da Saúde a inclusão daquele hospital na “Rede Cegonha” e agilização de emendas parlamentares apresentadas pelo deputado Sandro Alex. Na ocasião a Santa Casa foi representada pelos provedores Otto Santos da Cunha, Douglas Taques Fonseca e Flavio Kaiber. O secretário de Gestão do Trabalho e de Educação da Saúde, Mozart Salles, sinalizou positivamente aos pleitos apresentados, informando que o governo federal vai olhar com toda a atenção para a solicitação da Santa Casa e buscar o atendimento das emendas do deputado Sandro Alex. O parlamentar destacou a importância do apoio do Ministério da Saúde às solicitações de Ponta Grossa, principalmente a inclusão da cidade no programa “Mais Médicos” e também a inclusão da Santa Casa – hospital de referência que atende a diversos municípios na região dos Campos Gerais – no programa Rede Cegonha: “estamos tendo ótimas respostas de nossas reivindicações junto ao governo federal”, anotou.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA