13 de março de 2014

Intervenção acaba com pontos de estrangulamento no trânsito

Foto: Divulgação
Duas ações distintas da prefeitura de Ponta Grossa vão eliminar pontos de estrangulamento do trânsito urbano e agilizar o fluxo, em poucas semanas. Uma parceria da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte com outros organismos do governo, entre eles a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, resultou nessas mudanças, que representam de fato, “soluções para problemas derivados do aumento no fluxo de veículos e de uma condição preexistente”, segundo o presidente da Autarquia, Eduardo Kalinoski.
A primeira intervenção será feita na avenida D. Geraldo Pellanda, no trecho entre o cruzamento com a Catão Monclaro até a confluência com as ruas Conselheiro Barradas e Ermelino de Leão. Naquele ponto, explica Kalinoski, será construída uma terceira faixa (hoje comportando apenas poucos veículos), com o alargamento da rua e o reposicionamento do passeio no lado esquerdo da pista. Também serão recolocados os postes de iluminação pública e alterada a disposição das calçadas, nas proximidades do semáforo que marca a confluência da D. Geraldo com a Conselheiro Barradas – que é também o final da avenida Vicente Machado.
PISTA MAIOR E MELHOR
Outra intervenção estabelecida pela Autarquia Municipal de Trânsito vai acabar com um ponto problemático no fluxo centro-bairro, para quem segue da região central para a zona Sul (Oficinas) pela rua Benjamin Constant. Na confluência dessa rua com a Jacob Holzman – onde há um cruzamento com a Santos Dumont – um poste de iluminação pública e um canteiro central forçam um estreitamento da pista. “Aquele é um ponto complicado para o fluxo de veículo e também perigoso, inclusive para ciclistas e motociclistas”, anota o presidente da AMTT. Segundo Eduardo Kalinoski, o poste será relocado e o canteiro ajustado, naquele ponto, permitindo um ‘ganho’ de pista bastante relevante, e eliminando outro ponto de estrangulamento do trânsito: “aquele é um ponto de passagem inclusive de ônibus articulados, e há um constante conflito de trânsito ali. Estamos intervindo para resolver isso de maneira definitiva”.
A licitação para as obras de relocação do posteamento já foi feita e deve ser homologada ainda esta semana. A partir daí começa a correr o prazo para as obras, que contarão ainda com as alterações a serem feitas pela concessionária de energia elétrica, a Copel, e pela pavimentação e reposição do pavimento, pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos.
Na sequência, informa Kalinoski, outras intervenções serão anunciadas, inclusive a instalação de redutores de velocidade e faixas elevadas – como a que garante a segurança dos pedestres que cruzam a avenida Visconde de Taunay, em frente ao edifício-sede da Prefeitura de Ponta Grossa.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA