Tertec aborda Conhecimento de Transporte Eletrônico

\Foto: Divulgação
O Núcleo Setorial de Tecnologia de Informação  (NSTI)promoverá neste dia 25 outra edição da Terça Tecnológica (Tertec). Desta vez o tema Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTE) será proferido pelo diretor executivo da PRS Sistemas, Paulo Roberto Schiniegoski e acontecerá às 19 horas na sede da Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG). A iniciativa pretende tirar todas as dúvidas sobre o CTE e mostrar suas facilidades a empresários do ramo de transportes de carga e profissionais autônomos.
Segundo Schiniegoski,  entender todo o processo é fundamental para  o profissional que precisa documentar sua carga. Ele explica que com o CTE tudo fica mais ágil porque elimina impressão do documento em papel, os dados ficam armazenados digitalmente e são enviados automaticamente para a Receita Estadual, o que também diminui gastos com o arquivamento de documentos fiscais e garante a veracidade das informações, pois os dados são validados antes da geração do documento, o que evita possíveis sansões futuras por parte da Receita. E sem falar na facilidade da troca de informação. “A partir do momento que se emite o CTE, todas as pessoas envolvidas são informadas. O caminhoneiro, por exemplo, não corre o risco de ficar sem carga por falta de emissão do Conhecimento de Transporte. Em qualquer lugar que estiver ele terá as informações que precisa. Até mesmo através de um celular”, conta o executivo.

CTE: É obrigatório?
O CTE pode ser comparado à Nota Fiscal Eletrônica, que desde 2008 vem gradativamente tornando-se parte definitiva nas empresas.  O mesmo aconteceu com o CTE. Em 22 de dezembro de 2011 foi publicado o início da obrigatoriedade para a emissão de conhecimento eletrônico em substituição aos documentos em papel. Em dezembro de 2012 tornou-se definitivo para os empresários do ramo rodoviário, dutoviário, aéreo e ferroviário. Em março de 2013 foi a vez dos aquaviários, em agosto de 2013, para os rodoviários com regime de apuração normal e em dezembro do ano passado para os optantes pelo Simples Nacional e sistema Multimodal de Cargas. A previsão é que em 2015, a ferramenta também se torne obrigatória para os autônomos.

Tertec
A Tertec vem se firmando como um dos eventos mais importantes da região no que se refere a serviços e produtos da área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Uma vez por mês, empresários tem a chance de aprofundar seus conhecimentos através de palestras ministradas por técnicos e especialistas no assunto. O evento também é solidário. Os inscritos poderão doar alimentos não perecíveis e para cada quilo arrecadado, o NSTI doará mais um a entidades assistenciais da cidade.
Após a palestra, acontece o coquetel empresarial, momento para fazer parcerias e divulgar marcas. A entrada é livre, mas as vagas são limitadas, por isso é importante confirmar presença pelo (42) 3220-7215. Segundo Luciano Dechandt, presidente do NSTI,  já estão programadas 10 edições para este ano. A Tertec deste mês tem patrocínio do Governo Federal através da Caixa Econômica Federal, PRS Sistemas e Diário dos Campos. A Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG) apoia a iniciativa.

Terça Tecnológica – Tertec
Dia: 25 de março
Horário: 19 horas
Local: Sede da ACIPG
Entrada Gratuita
Vagas limitadas
Inscrições: (42) 3220-7215
Tema: “Conhecimento de Transporte Eletrônico”
Palestrante: Paulo Roberto Schiniegoski – diretor executivo da PRS Sistemas

Fonte: NSTI