Prefeitura e Ministério Público firmam acordo para as políticas de atenção aos animais de rua

Entre os principais avanços estão o aumento do número de castrações, 
somente neste ano serão 1.000 e em 2015 serão feitas cerca de 3.000
Foto: Divulgação
            A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa e o Ministério Público firmaram ontem quarta-feira (14), um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em relação às políticas de controle e cuidados dos animais de rua. Com isso, foram definidas algumas ações que serão realizadas pelo município. Entre as principais definições estão o aumento no número de castrações. Em 2014 serão realizadas aproximadamente 1.000 castrações e em 2015 o número deverá chegar a 3.000 mil. Também será implantado o Registro Geral Animal (RGA), que permitirá a identificação dos animais. O registro é a maneira mais eficiente para identificação do animal, pois é a sua carteira de identidade, que será feita através de um cadastro da prefeitura. A prefeitura também vai implantar o Serviço de Urgência, através da contratação de clínicas para o atendimento dos animais de rua (animais que se encontram doentes nas ruas ou em situações de maus tratos) Além disso, o governo municipal vai investir em políticas educacionais em relação à posse responsável e os cuidados com os animais.
            Segundo o prefeito Marcelo Rangel, a questão dos animais de rua é uma das prioridades do governo. “Estamos trabalhando na busca de soluções para um problema, que persiste por muitos anos, temos uma população animal de aproximadamente 60 mil cães e 7 mil gatos, deste número, existem os que estão nas ruas. Ou seja, esta população está aumentando e precisamos trabalhar em políticas de controle. Nós contratamos mais um veterinário, que foi chamado via concurso público, estamos melhorando a estrutura da zoonoses. O TAC é muito importante por que vai nortear todas as nossas ações em relação aos animais”.  Ainda de acordo com o prefeito o canil municipal será reformado: “nós vamos melhorar toda a estrutura do Canil Municipal, proporcionando um local adequado para o abrigo temporário dos animais”.

Ponta Grossa terá castramóvel para atendimento nos bairros

            A prefeitura vai implantar até o final deste ano o castramóvel, que será uma unidade móvel de atendimento aos cães de ruas, diretamente nos bairros. Os castramóvel vai percorrer os bairros, onde serão feitos os cadastros com as famílias que possuem animais, mais não tem condições de pagar pela castração.
            “A intenção é de que o castramóvel permaneça por umas duas semanas, próximo de pontos estratégicos, como unidades de saúdes, de cada bairro. Os profissionais da Secretaria de Saúde vão fazer os cadastros das pessoas que possuem animais e não tem como pagar pela castração. Após o cadastro, os animais serão encaminhados para castração. Este é um projeto fantástico e que, certamente, será importante para o controle da população animal”, destaca o prefeito Marcelo Rangel.

Fonte: Assessoria de comunicação da Prefeitura de Ponta Grossa