Gastronomia e atrações de dez países no “Folclore em Cores”

Foto: Divulgação
      O ponta-grossense vai poder conhecer neste final de semana um pouco mais da gastronomia e da cultura de dez países que formaram a identidade dos Campos Gerais. O Festival Étnico e Gastronômico, principal evento do Folclore em Cores 2014, acontece sábado e domingo, das 9h às 21h, em frente à Estação Saudade, em promoção da Fundação Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Turismo. A entrada é gratuita.
         No cardápio, o público vai encontrar salsicha alemã, sanduíche alemão, kibe cru, sfiha aberta, tapioca, tortas holandesas doces e salgadas, lasanha, pizza, yakissoba, sushi, pierogi, bolinho de bacalhau, sopa ucraniana, acarajé, cocada, queijadinha e quindim, além de bebidas e diversas outras opções. Os preços variam de R$ 3 a R$ 22. A viagem gastronômica, que começa pelo Brasil, vai passar por Ucrânia, Polônia, Holanda, Portugal, Itália, Alemanha, Japão, países árabes e países africanos.
         Com o tema ‘Ponta Grossa: terra de todos os povos’, o objetivo do festival é apresentar outras manifestações culturais, como a dança e a música. Dentro da programação artística, no sábado, às 16h, o público vai poder conferir a apresentação do Grupo Folclórico Holandês de Castrolanda (Castro). Com trajes da cidade portuária de Volendam, o grupo encanta com as simples e alegres danças de tamancos, que falam sobre o amor e a vida, além de representar o trabalho árduo dos camponeses, a patinação nos invernos rigorosos e os costumes dos marujos e pescadores das cidades marítimas. Já às 17h, é a vez do Grupo Folclórico Italiano Anima Dantis (São José dos Pinhais), que traz no repertório danças das regiões da Sardegna, Sicilia, Calabria, Campania, Basilicata, Lazio, Veneto, Friuli-Venezia Giulia e Trento, apresentadas com os respectivos trajes típicos.
         No domingo, o Grupo de Taikô Fuurinzakan (Ponta Grossa) se apresenta ao longo do dia. Às 16h, quem se exibe é o Grupo Folclórico Português Alma Lusa (Curitiba), trazendo danças típicas da cultura portuguesa. Por fim, às 17h, quem sobe ao palco é o Grupo Folclórico Polonês Mazury (Mallet), que preserva e ensina a cultura polonesa em suas tradições históricas através da dança, música, cantos e trajes.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa