4 de outubro de 2014

Feira Verde e o Mercado da Família são referencia no Paraná

Foto: Divulgação
Programas sociais de destaque nacional e referência de eficiência em políticas públicas de combate à insegurança alimentar e nutricional, o Feira Verde e o Mercado da Família participam do II Prêmio Gestor Público Paraná 2014, promovido pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep). O Prêmio visa reconhecer e premiar os gestores públicos municipais do estado do Paraná que executam projetos de administração pública que se destacam pelos resultados positivos para a população, gerando crescimento econômico e social. Além disso, outro objetivo é incentivar os municípios a adotar metodologias de planejamento, execução e controle de projetos em seus programas governamentais e incentivar o desenvolvimento de ações governamentais que sejam inovadoras , criativas e passíveis de reprodução por outros municípios.
Na ultima sexta-feira (03), os auditores Elenice Padilha Bomfim e Odair de Paula Bomfim acompanharam o funcionamento do programa Feira Verde, coletaram depoimentos e fizeram registros fotográficos e de vídeo para embasar a apresentação do projeto para o Comitê Técnico. “O Prêmio pretende divulgar as boas práticas da administração pública, dando maior visibilidade aos bons projetos dos municípios. Esses projetos vão para um banco de dados e podem ser consultados por outras prefeituras para que possam ser multiplicados”, explica Odair.
Durante a avaliação de campo, a dona de casa Zulenir Teixeira, que participa do programa há anos, fez questão de contar aos auditores as qualidades do Feira Verde. “É tudo muito bom, ajuda bastante em casa, não posso reclamar. Os reciclados que era para estar nas ruas sujando a cidade vira alimento, tem ovos, leite, mel, frutas e verduras, tudo de qualidade”, afirma a dona de casa.
Em seguida a visita foi a um dos barracões mantidos pelo governo municipal para acompanhar a descarga dos materiais recicláveis acumulados em um dos pontos de troca. O volume impressionou os auditores ficais. O diretor do programa, Valdinei José Alves Cordeiro explicou que cada ponto de troca lota um caminhão inteiro de materiais recicláveis. “Cada ponto enche um caminhão inteiro de materiais recicláveis e é necessário fazer a descarga. Ao longo do dia cada uma das três equipes percorre quatro pontos de troca, então, são feitas 12 descargas de recicláveis nos barracões que ajudam no sustento de mais de 150 famílias”, salienta o diretor.
Para Elenice Bomfim, os projetos são excelentes e avaliações de campo superaram muito as suas expectativas. “Com a visita in loco percebemos como os projetos são grandiosos, que auxiliam em vários segmentos, na saúde, no meio ambiente, socialmente, na agricultura familiar. Vamos fazer uma grande defesa e torcer para que seja sejam selecionados”, revela a auditora. Segundo ela, a apresentação dos projetos de Ponta Gross devem ser nos dias 13 e 14 de outubro.

Fonte: Assessoria de comunicação da SMAB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA