ADM: Somos disciplinados em nosso dia a dia?








Segundo o dicionário Aurélio, disciplina é o regime de ordem imposta ou livremente consentida, “Ordem que convém ao funcionamento duma organização”, “Relações de subordinação do aluno ao mestre ou ao instrutor”, “Observância de preceitos e normas”, “Submissão a um regulamento”.
O brasileiro é um povo disciplinado? E os japoneses? E você leitor é disciplinado? A disciplina é uma palavra que nos leva na maioria das vezes para o lado negativo da coisa. Para alguns é sinônimo de castigo ou correção para outros é sinônimo de sucesso. Como pode uma palavra ter duas interpretações? Certamente dependerá de como fomos educados a encará-la.
Em todos os setores e desde que o mundo é mundo a disciplina faz parte de nossas vidas, pois se trata das regras de um determinado grupo com um único objetivo, manter intactas os costumes e tradições. Se quisermos entrar em determinado grupo de amigos é inevitável que tenhamos que nos adaptar ao ritmo deles, ou seja, seguir suas regras caso contrário não conseguiremos nos dar bem e seremos excluídos. 
Vejo que precisamos quebrar com o paradigma de que a disciplina é algo ruim, muito pelo contrário é excelente! Mais vale uma pessoa disciplinada do que a inteligente sem disciplina. 
Há um ditado japonês que diz o seguinte: “A disciplina cedo ou tarde vencerá a inteligência”.

O que ocorre é que há uma luta entre o lado emocional e o racional do ser humano. Muitos esperam que a vontade chegue para que algo seja feito. Não se faz a lição de casa porque está sem vontade. Não se vai ao supermercado porque está sem vontade, não se concerta a porta da sala porque está sem vontade e levamos nossa vida na base da vontade. Estamos deixando que nosso lado emocional interfira em nossos deveres diários e enquanto esperamos que nos dê vontade, perdemos tempo e as coisas vão ficando de lado. 
O ser humano quer e prefere três coisas na vida: comer, fazer sexo e descansar. Estas são as necessidades básicas do ser humano, mas todos sabem que não é assim. Seria impossível viver desta maneira. 
Precisamos identificar o SPA que existe em nós para sabermos como atuar para sermos disciplinados. S (sentimento), P (pensamento) e A (atitude). Um vídeo postado no youtube em 06/09/2009 por Rafael Machado Guimarães, “Vitória da Disciplina”, nos alerta que não devemos estar apoiados nas emoções, ou seja na vontade de fazer algo, cuidar para que os nossos pensamentos sejam claros e racionais, pois eles determinarão os sentimentos de motivação ou desmotivação o que poderá ajudar ou atrapalhar naquilo que deve ser feito e o querer se faz fundamental para fazer o que precisa ser feito. Neste caso seria a atitude. Os três devem estar alinhados para que a razão vença a emoção.

Boa sorte e sucesso!