Conferência municipal define propostas para assistência social

Foto: Divulgação
Encerrou ontem a X Conferência Municipal de Assistência Social, que foca as discussões e debates na consolidação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). A conferência foi promovida pelo Conselho Municipal da Assistência Social (Cmas), em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa. Várias propostas discutidas para a área foram votadas em plenária e os delegados foram eleitos para representar Ponta Grossa na conferência estadual.

O segundo dia de conferência foi oportunidade para que os mais de 400 participantes se dividissem em cinco grupos de discussões temáticas, para a definição de propostas para aplicação na área da assistência social nos próximos dez anos. O Sistema Único de Assistência Social é o que dá as diretrizes dos trabalhos no campo social, como um manual daquilo que deve ser cumprido e efetivo nos municípios.

“As discussões na Conferência são fundamentais para o avanço nessa área. Temos que realizar um plano de ações, ver o que pode melhorar naquilo que já estamos desenvolvendo e também o que ainda iremos desenvolver. O debate foi proposta por um grupo grande, de técnicos e usuários do sistema, que estão preocupados e empenhados em desenvolver um trabalho satisfatório no município”, destacou a presidente do Conselho Municipal da Assistência Social, Beatriz de Souza.


Após as discussões dos cinco grupos temáticos, as propostas foram avaliadas em plenária e delegados foram eleitos para representar o município na conferência estadual e, posteriormente na nacional, levando as propostas de Ponta Grossa. “Com a instituição do SUAS, há 10 anos, houve um avanço significativo na assistência social, especialmente nos últimos quatro anos. Trata-se de um período em que o próprio usuário passou a participar mais, se envolvendo nos serviços que são prestados. A ideia é definir metas para cumprirmos o que rege a lei”, finalizou a presidente do Cmas.

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa