Prefeitura de Ponta Grossa fecha parceria com a Cargill


O prefeito Marcelo Rangel assinou ontem sexta-feira (22) convênio com a Fundação Cargill para o desenvolvimento do Programa "De grão em grão", com a Secretaria Municipal de Educação (SMER). Participaram do evento da assinatura as secretárias de Educação, Esméria Saveli, de Governo, Indianara Milléo e o secretário de Agricultura e Pecuária, Gustavo Ribas Neto, a Coordenadora da Fundação Cargill, Denyse Barreto, o gerente geral da Regional Sul da Cargill, Dagoberto Bermim, o Supervisor Técnico da Fundação Cargill, João Clemente, o controller, Mauricio Regos, Quatro Complexos Educacionais serão contemplados; General Aldo Bonde, localizado no Jardim Lagoa Dourada II, Egdar Zanoni, no Jardim Gralha Azul, Deputado Mario Braga Ramos, no Parque dos Pinheiros e Guaracy Paraná Vieira, situado no Núcleo São Martin. Durante este ano letivo 1.500 alunos do ensino fundamental farão parte do programa, que foi implantado em 2004 e tem como principal objetivo transmitir conceitos sobre agricultura familiar e alimento seguro. O Programa aborda, de maneira pedagógica, conceitos que vão desde aspectos de higienização de alimentos até a pós-colheita de legumes e verduras cultivados em hortas.
A secretária de Educação, Esméria Saveli, defende que o processo educacional precisa de atividades que vão além da sala de aula. “O Programa de “De grão em grão” é importante por envolver diversas áreas do conhecimento, questões ambientais que passam por todas as disciplinas”, explica.  O supervisor técnico da Cargill, João Clemente, ressalta que a empresa é responsável pela parte técnica. “A Fundação Cargill oferece tudo o que é necessário para a criação de uma horta – como terra, sementes, ferramentas e os produtos colhidos são usados na merenda escolar, com o objetivo de enriquecer a alimentação nutricionalmente”, diz.  Entre as metas do Programa está o desenvolvimento Sustentável. “Queremos mostrar para a população que é possível desenvolver uma horta saudável. Trabalhamos com a Agricultura Urbana e utilizamos matérias que podem ser reaproveitados”, ressalta.
O prefeito Marcelo Rangel acredita que iniciativas como essa contribuem para a melhoria da educação: “dessa forma é possível promover a educação e a consciência em relação ao Meio Ambiente e acreditamos que o processo educacional precisa trabalhar de forma multidisciplinar”.