3 de abril de 2013

Prefeitura e Conselho Regional elaboram estratégias para implantar Conselho Municipal



Uma reunião entre representantes da Prefeitura de Ponta Grossa e do Conselho Regional de Segurança Alimentar e Nutricional (CORESAN) marcou o avanço nas conversas sobre a instalação de um Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA) em Ponta Grossa, nesta quarta-feira (3), no escritório regional da Secretaria de Estado do Trabalho. O secretário Municipal de Abastecimento, Sérgio Zadorosny Filho, participou das discussões, bem como Luiz Cesar Silva, da entidade Cáritas, Maria Isabel Corrêa, da União Brasileira de Mulheres, Maria de Melo, da APP Sindicato, Terezinha Sandri, da Emater, e Luciane Silvestre, da Secretaria de Estado da Família.
Segundo Zadorosny, existe uma mobilização por parte do governo municipal e da sociedade civil organizada em torno da implantação do CONSEA em Ponta Grossa. “Está é uma discussão intersetorial. Estamos definindo o marco legal para a implantação do conselho para que a alimentação segura, adequada e saudável esteja efetivamente ao alcance de todos”, destaca Zadorosny. Para o secretário, através do CONSEA será possível popularizar e sensibilizar diferentes segmentos da sociedade civil e das instituições de governo, fomentando discussões e estratégias de políticas públicas comprometidas com o enfrentamento da insegurança alimentar e nutricional em Ponta Grossa. Além disso, Maria Isabel lembra que a segurança alimentar é a base da saúde preventiva. “Quando falamos em segurança alimentar tratamos também da qualidade dos alimentos que devem ser oriundos da Agricultura Familiar e produzidos com sustentabilidade”, explica Maria Isabel.
Com o intuito intermediar a implantação dos CONSEA nas principais cidades do Estado, as regionais da Secretaria de Estado do Trabalho estiveram à frente das questões relacionadas à segurança alimentar nas macrorregiões nos últimos anos. Atualmente, a união de esforços entre o Governo Marcelo Rangel e Governo Beto Richa promove o avanço nas questões relacionadas à segurança alimentar.
Em 2003, a Lei 7390 criou o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Ponta Grossa e instituiu o Fundo Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Ponta Grossa. Assim que estiver implantado, o Conselho deverá trabalhar no desenvolvimento de políticas locais, a serem implementadas a partir de iniciativas e parcerias da Municipalidade com a sociedade civil para combater a fome e a desnutrição em todas as suas instâncias, além de divulgar o conceito de segurança alimentar e nutricional e seus eixos estratégicos, viabilizar a integração e a implementação das ações desenvolvidas por seus integrantes, contribuindo para a construção da segurança alimentar e nutricional de acordo com a realidade local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA