18 de abril de 2013

Prefeitura estuda desapropriar prédio do antigo Cine Império



O prédio do antigo Cine Império, situado no centro da cidade, quase em frente ao que um dia foi o Ponto Azul e hoje é um memorial, deve ser desapropriado pelo município e transformado em nova área de convivência. O imóvel, que chegou a ser inscrito como tombado pelo patrimônio histórico mas – em condições críticas e sem ser considerado arquitetonicamente importante – deve dar lugar a um novo espaço público. A Secretaria Municipal de Planejamento já está estudando formas de ocupação daquele espaço, a partir da desapropriação do imóvel. Segundo o secretário João Ney Marçal Júnior, o que restou do cine Império é hoje apenas uma ruína que encobre um trecho a céu aberto do arroio Pilão de Pedra, quase totalmente canalizado. De acordo com o secretário, a desapropriação do que restou do velho prédio (hoje inclusive sem qualquer conservação) vai permitir à Prefeitura recuperar para a cidade uma área importante de circulação e convívio. “Essas intervenções urbanísticas são importantes porque devolvem às pessoas um espaço que elas vieram, com o crescimento da cidade, perdendo. Temos logo ali o Calçadão da Coronel Cláudio e a praça Barão do Rio Branco, que também será alvo de um amplo trabalho de recuperação”, diz Marçal Júnior. De acordo com ele, será possível remodelar com isso também a ocupação e a freqüência daquela região da cidade: “áreas que são constantemente ocupadas por moradores das vizinhanças e passantes são áreas seguras. A idéia é envolver ao máximo a população residente em volta nos espaços disponíveis”. Para isso, estão sendo repensados os sistemas de iluminação e ocupação da praça Barão do Rio Branco, assim como estudadas formas de melhorar o ajardinamento e os sanitários. “Também estamos procurando, juntamente com a Secretaria de Governo e o Iplan, formas de estruturar melhor e distribuir de maneira mais inteligente os espaços fixos, como pontos de táxi, paradas de ônibus e bancas de revistas e jornais”, informa o titular da pasta de Planejamento.
O prefeito Marcelo Rangel aprovou a idéia: “vamos recuperar o apreço dos moradores com a nossa cidade. Praças seguras, bonitas e espaços públicos adequados melhoram a auto-estima e a qualidade de vida da nossa população. Além de proporcionar mais segurança e alternativas de lazer. Os estudos para desapropriar o antigo Cine Império são apenas parte de um grande projeto de reurbanização e reocupação do centro da cidade, que está sendo elaborado pela Secretaria de Planejamento com o apoio e a inspiração de experts no assunto, inclusive professores universitários e urbanistas renomados”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA