AMTT quer melhorar fiscalização de caçambas

Foto: Divulgação

Com o objetivo de conscientizar os proprietários de empresas que fornecem caçambas e melhorar a fiscalização destes serviços, o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) Eduardo Kalinoski, realizou uma reunião ontem terça-feira (14) para discutir a lei que regulamenta esses serviços.
Em Ponta Grossa, existem oito empresas que prestam este tipo de serviços. O volume de caçambas na cidade é de aproximadamente 800 caçambas. A lei que regulamenta este serviço já está em vigor desde 2007, mas de acordo com o presidente da AMTT é preciso reforçar a fiscalização. “A lei não especifica qual órgão da prefeitura deve fiscalizar este segmento e, muitas vezes, quando a lei não é respeitada, não há quem aplique a punição. Isto também deverá ser definido”, diz Kalinoski.
A reunião foi um primeiro contato com o segmento para que a AMTT reforce a lei e, a partir desse contanto, tentar padronizar uma proposta de trabalho. “Nós queremos, acima de tudo, reforçar a segurança dos cidadãos. Caçambas irregulares são muito perigosas, mas essa reunião mostra a boa vontade destes empresários em se manterem dentro da lei”, afirma Kalinoski.
Os empresários que participaram da reunião também se comprometeram a reforçar todas estas informações sobre a lei, tanto para os funcionários de cada empresa quanto para quem contrata este tipo de serviço. Nos próximos dias, haverá outro encontro para definir metas e ações.
Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa