23 de setembro de 2013

Prefeitura ameniza danos causados por temporal

Foto: Divulgação
Equipes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, da Defesa Civil, da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) e do Corpo de Bombeiros passaram o final de semana atendendo às solicitações de intervenção para resolver os problemas causados pela chuva e vendaval verificados na cidade. No sábado foram registrados destelhamentos de casas dos Conjuntos Residenciais Atenas, Itapoá, Gralha Azul e Boreal, deslizamento de terras no Santa Lúcia, na Vila Hilgemberg, no Sabará e na Vila Vilela, quedas de árvores em Oficinas, apagões e enchentes.
Foto: Divulgação
No sábado, diversas equipes de trabalho da Prefeitura de Ponta Grossa estiveram nos locais atingidos pelo vendaval e pela chuva. Trabalhadores, técnicos e até dirigentes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, AMTT, Guarda Municipal, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros trabalharam em conjunto para auxiliar os moradores que foram afetados. O prefeito Marcelo Rangel acompanhou o trabalho das equipes durante toda a tarde. "Este é o momento de trabalharmos juntos na recuperação das casas que foram afetadas e ajudá-los da melhor forma possível", disse Rangel, durante visita a algumas casas atingidas pelo temporal.
Foto: Divulgação
Equipes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos ajudaram na reconstrução dos telhados das casas danificadas. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros providenciaram lonas para a cobertura das residências. De acordo com estimativa da Defesa Civil, cerca de 200 casas sofreram destelhamento. A Companhia Pontagrossensse de Habitação (Prolar) acionou a Caixa Econômica Federal, financiadora do programa Minha Casa, Minha Vida, para tomar as providências legais e dar atendimento necessários as famílias.
Foto: Divulgação
Até o fim da tarde desta segunda-feira, a Defesa Civil registrou ainda deslizamentos de terra no Santa Lúcia, na Vila Hilgemberg, no Sabará e na Vila Vilela, que atingiu 60 famílias. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Edmir de Paula, as famílias correm risco se permanecerem nas atuais moradias. Todas foram orientadas a deixar as casas. Devido às condições climáticas, a Defesa Civil de Ponta Grossa faz um alerta às famílias que moram em áreas de risco. A chuva prevista para esta semana, principalmente para esta terça-feira, pode causar danos como alagamentos e deslizamentos de encostas.

RECUPERAÇÃO
O trabalho de recuperação dos estragos continuou nesta segunda-feira. Todas as equipes técnica da Secretaria de Obras e Serviços Públicos vêm atendendo os casos emergenciais para resolver, na medida do possível, os problemas causados pela chuva. Em diversos pontos do município houve alagamentos, entupimento de bocas de lobo e, principalmente, rompimento de galerias de águas pluviais, o que ocasionou a abertura de buracos nas ruas. Segundo o secretário Alessandro Lozza de Morais, de Obras, os trabalhos continuam até quarta-feira: “as áreas de risco no município estão sendo monitoradas e estamos prontos para intervir em casos de emergência”.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ponta Grossa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA