Avanço na aquicultura local

Fonte: Divulgação
Em busca de avançar do setor de Aquicultura em Ponta Grossa e região, a Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Abastecimento e de Agricultura e Pecuária, e a Associação dos Aquicultores dos Campos Gerais estão empenhadas em inaugurar ainda em março o escritório regional do Ministério da Pesca e Aquicultura na cidade. Nesta quinta-feira (28), o secretário de Abastecimento, Sérgio Zadorosny Filho, e o presidente da associação, Osmar Zoldan, se reuniram para definir estratégias para desenvolver atividades de piscicultura e aquicultura nos Campos Gerais, aproveitando melhor o enorme potencial de recursos hídricos de Ponta Grossa e região.
De acordo com o secretário, estão sendo estudadas maneiras de melhorar as condições de vida no campo com o objetivo de valorizar e fomentar a produção local. “Temos o dever de aumentar o suporte aos pequenos produtores, piscicultores e aquicultores da região, contribuindo com o desenvolvimento do arranjo de produção local, com a segurança alimentar e nutricional da população, fomentando o setor de abastecimento da cidade”, afirma Zadorosny.
Zoldan informou que irá trazer para análise da Secretaria Municipal de Administração e Assuntos Jurídicos o decreto que irá regulamentar a Lei da cadeia produtiva da aquicultura familiar no município. “Esse será um passo fundamental para o avanço na aquicultura local, irá nortear os piscicultores e facilitar a produção no município. Agradeço o apoio do Abastecimento, estamos muito satisfeitos com a parceria do Governo Municipal nesse processo”, explica o presidente.
Além disso, o secretário acrescenta que o escritório regional do Ministério da Pesca irá dar um grande impulso para a aquicultura familiar local, aumentando o suporte aos pequenos produtores, piscicultores e aquicultores da região em tempo integral. “Através do escritório regional, os piscicultores dos Campos Gerais terão acesso a assistências técnicas, maquinário para construção de tanques, orientações sobre organização produtiva e linhas de crédito, formas de inclusão de tecnologia e inovação no campo e, dessa forma, toda cadeia produtiva será fortalecida”, reforça. O secretário ressaltou que uma conquista como essa só é possível através de um amplo trabalho em grupo. “Agradeço o apoio do superintendente do Ministério da Pesca, Luiz Antônio Faria de Brito, do deputado federal Sandro Alex, do secretário Gustavo Ribas e do vereador Luiz Bertoldo durante todo o processo. No futuro, toda cadeia produtiva da pesca irá se beneficiar com a vinda do escritório regional graças ao empenho e dedicação de todos”, conclui Zadorosny.


Fonte: Assessoria de comunicação da SMAB