Investimentos em Segurança Pública

Verba de R$ 500 mil para sistema de monitoramento já está liberada

Foto: Divulgação

            Nesta sexta-feira (07), o deputado federal Fernando Francischini (SDD), em reunião com o prefeito Marcelo Rangel, confirmou que a verba de R$ 500 mil para reestruturação do serviço de monitoramente da Secretaria de Cidadania e Segurança já está liberada. O anúncio da verba foi feito novembro, do ano passado. Com a liberação dos recursos, a prefeitura fará a abertura do processo licitatório para compra dos equipamentos.

            Com a verba, o município, contará com um número maior de câmeras de vigilância, além disso, a Central de Monitoramento da Secretaria de Cidadania e Segurança Pública será reestruturada. A liberação do valor foi possível devido ao esforço da Secretaria de Cidadania de Segurança e Pública, que na sequência do anúncio, encaminhou o projeto referente à aplicação da verba. “É preciso parabenizar o trabalho da prefeitura de Ponta Grossa que acelerou o processo para a garantia desta verba, que terá grande importância na melhoria do sistema de segurança pública”, afirma o deputado federal Fernando Francischini (SDD).

            De acordo com o secretário de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato, a intenção é destinar os recursos para implantação de oito câmeras de vigilância, além de melhorias no sistema de rádio, compra de monitores modernos e uma ampliação total do sistema de monitoramento: “com esse investimento vamos tornar o nosso monitoramento mais sofisticado, ficamos felizes pela confiança dos parlamentares na nossa gestão”. Ainda de acordo com Lovato, na próxima semana, a Secretaria de Cidadania e Segurança Pública deverá divulgar o relatório das ocorrências identificadas pelo sistema de monitoramento, feito através das câmeras de vigilância.

             A Central de Monitoramento conta atualmente com 28 câmeras com sistema avançado e estão distribuídas em pontos estratégicos, além disso, o monitoramento possui seis telas de 48 polegadas para visualização das imagens captadas, que são monitoradas pela Guarda Municipal. Para o prefeito Marcelo Rangel essa é uma forma de coibir as ações criminosas. “Quanto mais câmeras tivermos maiores são as chances de redução da criminalidade”, destaca Rangel.


Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa