25 de março de 2014

SAÚDE: Ponta Grossa vai ter mais de 800 novas consultas por dia

Foto: Divulgação
         Melhorias na Atenção Básica de Saúde são parte das metas prioritárias da gestão do prefeito Marcelo Rangel. Por isso, desde que assumiu, a atual gestão está trabalhando para que ações sejam desenvolvidas nesse sentido. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, com a contratação de novos profissionais por concurso e com a vinda dos médicos estrangeiros, oriundos do programa ‘Mais Médicos’, a estimativa é de que a cobertura da Atenção Primária tenha um aumento de 50%.
            Atualmente o município de Ponta Grossa conta com aproximadamente 150 médicos que atuam na linha de frente do atendimento público. Desse total, cerca de 70 atendem nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Programa de Saúde da Família (PSF). A atenção primária é estendida também aos Centros de Atenção à Saúde (CAS). No ano de 2013 foram realizadas 445.533 consultas na atenção primária. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério de Saúde, a média é de que cada habitante faça ao menos duas consultas por ano. Segundo o secretário de Saúde, Erildo Muller, hoje o município possui uma defasagem de aproximadamente 300 consultas diárias. “Estamos ofertando aproximadamente 1.300 consultas por dia. O ideal seriam cerca de 1.600. Mas acreditamos que com a vinda dos novos médicos do programa ‘Mais Médicos’ e com a contratação dos profissionais por concurso público, vamos até superar estes números”, explica Muller.
            Atualmente o município conta com seis médicos estrangeiros e receberá mais 26, totalizando 32 médicos. Além disso, está em trâmite o processo para abertura do concurso público, com oferta de 30 vagas para médicos. No entanto, o secretário de Saúde, Erildo Muller, destaca que apenas com a vinda de mais médicos estrangeiros, até o final de abril, Ponta Grossa, já poderá ofertar um número maior de 800 consultas. Ou seja, a intenção é de que os locais que sofrem com a falta de cobertura primária, sejam contemplados. “Este profissionais vem como suporte, para ampliarmos o atendimento básico, obviamente que com a contratação de médicos por concurso a ampliação será ainda maior”, conclui Muller. 
Qualidade do atendimento é prioridade
            Mais importante que o número de consultas geradas pelo município de Ponta Grossa, é a qualidade dos atendimentos prestados.  A Secretaria Municipal de Saúde acredita que, muitas vezes, o paciente consulta várias vezes por que ainda não atingiu o seu objetivo, que é o tratamento adequado.   “Nós trabalhamos da seguinte maneira, paciente bem atendido, não é aquele que conseguiu consultar tantas vezes com um determinado médico ou com vários médicos, mas aquele, que consultou, foi bem atendido e alcançou êxito no tratamento”, esclarece o secretário de Saúde, Erildo Muller.
                        Neste sentido, de acordo com o superintende da Secretaria de Saúde, Isaías Cantóia, os novos médicos e os que já atuam, estão sendo treinados para melhorar o atendimento à população. “Não basta elevarmos os números de consultas, é preciso que os pacientes saiam satisfeitos com o atendimento que recebem. Estamos trabalhando com treinamento dos funcionários, de todos os setores e com os médicos para que população receba o melhor atendimento possível”, diz Cantóia.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ponta Grossa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leandro Soares fala sobre o Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa

Entrevista Portal aRede, Leandro Soares O Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ponta Grossa, Leandro Soares, fala ao Port...

MAIS VISUALIZADAS DA SEMANA