Ipiranga vai receber 120 mil reais em Projeto de Sinalização Viária Urbana

Foto: Divulgação
Nessa semana empresários, vereadores colaboradores da prefeitura, prefeito e membros do Conselho de Segurança Municipal de Ipiranga-PR se reuniram com representantes do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), de Curitiba para discutir o funcionamento e a execução do Projeto de Sinalização Viária Urbana de R$120.000,00, no município. A previsão é para que até o final desse segundo semestre de 2014,  a empresa de Consultoria e Assessoria em Trânsito (Consultran) inicie os trabalhos em Ipiranga que prevê a instalação de faixas de pedestres, demarcações nas vias e regularização placas de trânsito. O município já está na fase de elaboração do projeto. “É o começo de uma nova fase no trânsito de Ipiranga. É um projeto lento, mas um grande passo para um município que não tem arrecadação financeira muito grande, mesmo assim estamos trabalhando para melhorar sempre e nesse contexto também vamos poder trabalhar mais a conscientização das pessoas no trânsito”, diz o prefeito Roger Selski.
No final do ano passado o prefeito Roger firmou convênio de sinalização viária ao lado de outros 90 municípios paranaenses.
Esse termo foi assinado apenas pelos municípios que não tem o trânsito municipalizado, ou seja, não contam com um órgão ou secretaria específicos para esta área. Por Ipiranga-PR ser um município de prioridade, pois não conta com uma estrutura de sinalização suficiente, que permita organizar o fluxo de pedestres, ciclistas e veículos em condições de segurança o convênio ficou mais fácil.
“Considerando que os municípios estão em constante crescimento, o Detran do Paraná entende que projetos de sinalização viária devem ser flexíveis e dinâmicos, de forma que permitam atualizações, adequações e complementações que acompanhem a expansão do perímetro urbano, a criação de novos bairros e a alteração no fluxo das vias, por exemplo”, explica Edson James coordenador de inflações no Detran e que esteve presente na reunião em Ipiranga.
Para auxiliar os prefeitos e suas equipes neste sentido, o Detran propõe um convênio em que fornece o desenvolvimento de projetos e suporte técnico para a implantação, além de consultoria aos gestores indicados pelos municípios. O objetivo é desenvolver um padrão de sinalização viária urbana para todas as cidades paranaenses que ainda não estão inseridas no Sistema Nacional de Trânsito (SNT).
Este é o terceiro lote de municípios atendidos pelo Governo do Paraná com projetos e obras de sinalização. Os recursos são do Fundo de Reequipamento de Trânsito (Funrestran), originados da arrecadação de multas por infrações. Os valores são aplicados de acordo com a população de cada município conveniado. Aqueles com até 15 mil habitantes participam do convênio de até R$ 120 mil. Cidades com população entre 15 e 30 mil habitantes terão R$ 200 mil e municípios com mais de 30 mil habitantes, R$ 250 mil. Ipiranga-PR, por sua vez, vai receber pela primeira vez um investimento com recursos do Governo Estadual para padronizar a sinalização de trânsito.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Ipiranga