Secretário enumera indústrias e aponta desafios da região

Foto: Divulgação
O secretário de indústria, comércio e assuntos do Mercosul do Paraná, Horácio Monteschio, marcou presença na reunião desta sexta-feira realizada pelos prefeitos da Associação dos Municípios dos Campos Gerais no município de Jaguariaíva. Durante o encontro, o secretário destacou os investimentos realizados na região através do Programa Paraná Competitivo, do Governo do Estado e apontou os desafios dos Campos Gerais para captar novos investimentos. “Todas estas informações são de suma importância para nós. Já que neste momento a bandeira da Associação é captar estes recursos”, destacou o presidente da AMCG, e prefeito de Carambeí, Osmar Blum.
Conforme Monteschio, o último levantamento da Secretaria apontou R$ 11 bilhões de investimentos nos Campos Gerais e 50 mil empregos diretos e indiretos gerados na região. Os municípios de Arapoti, Castro, Ipiranga, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa e Telêmaco Borba é que concentraram estes recursos. “Em todo o Estado, nos últimos três anos, já estamos em R$ 35 bilhões em investimentos, com 300 mil novos empregos com carteira assinada”, destacou. “Estamos passando pela maior revolução industrial da história de nosso Estado”, completou o secretário.
Para o chefe da Pasta de Indústria do Estado, a região ainda tem muitas indústrias para receber, mas os municípios têm que facilitar esta procura. “A Secretaria é construtora da ponte entre o sonho e a realidade. Mas tanto o município quanto o Estado devem fazer sua parte”, explica. Como desafios da região, Monteschio apontou a infra-estrutura – com o distrito industrial estruturado e a doação de terrenos -, a mão de obra qualificada, a interiorização de investimentos, e a falta de estímulos às organizações e setores produtivos, como é o caso dos Arranjos Produtivos Locais, as APL’s. “Não é o Estado que cria as APL’s. É o município que tem que identificar o potencial e apoiar a criação”, exemplifica.
Além destes desafios, o secretário questionou também a capacidade dos municípios receberem estes investimentos. Para ele, os municípios devem estar preparados, com área delimitada, mão de obra qualificada, licença ambiental, além da estrutura para receber mais pessoas em seu município. “Temos que pensar que os habitantes irão aumentar, seja na construção das indústrias, ou para trabalhar nela”, explica.
Compareceram no encontro doze prefeitos da região. “Foi muito produtiva a reunião de hoje”, avaliou o prefeito de Ivaí, Jorge Slobodá. O anfitrião, prefeito de Jaguariaíva, José Slobodá, disse estar honrado com a iniciativa do novo presidente, ao colocar a industrialização como pauta da AMCG. “Todos querem novas indústrias”, disse.
Como novas ações para receber os investimentos, o presidente da Associação disse que os desafios apontados pelo secretário entrarão em pauta novamente na entidade. “O município que está mais estruturado poderá auxiliar os demais. Nossos encontros são acima de tudo uma troca de experiências”, ressaltou Osmar.

Pauta
O diretor do Hospital Nossa Senhora do Rocio do município de Campos Largo, Luiz Ernesto Wendler participou da reunião ordinária. Ele apresentou aos prefeitos projeto das novas instalações do Hospital e os convidou para a inauguração.
Técnicos do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná estiveram no encontro para explicar aos gestores sobre a 2ª edição do Prêmio Gestor Público Paraná. Os projetos – em execução - podem ser enviados até o dia 31 de agosto via internet.
O atleta e professor de educação física Sérgio Luiz de Oliveira apresentou projeto de kickboxing pedagógico para ser implantado nos municípios da região. Além disso, o diretor executivo da Baggio Negócios Públicos, Cristiano Baggio, abordou a captação de recursos públicos federais.

ADACG elege nova diretoria
A Associação de Damas dos Campos Gerais empossou nova diretoria em reunião nesta sexta-feira em Jaguariaíva. Como presidente, a primeira-dama de Carambeí Josiane Blum, como vice, Cleis Selski, de Ipiranga e como secretária, a primeira-dama de Palmeira Ana Paula Havrechacki. No encontro, integrantes da ADCG aproveitaram para discutir novos projetos. “Queremos buscar a aproximação das primeiras-damas. Vamos verificar os projetos já existentes para ver o que podemos fazer em conjunto”, destacou Josiane.
Entre as ações já programadas, campanhas de conscientização da saúde do homem e da mulher, além da participação efetiva no concurso de Fotografias e na Mostra de Talentos da Terceira Idade Ruth Cardoso, eventos já realizados pela AMCG. “Participei no último ano da Mostra e foi muito gratificante. Podemos levar grupos de idosos de mais municípios para participar”, adianta.

Fonte: Assessoria de comunicação AMCG