Instável, internet gratuita em ônibus de SP agrada passageiros

Wi-Fi é de graça e desbloqueado, mas conexão oscila e velocidade é baixa. Usuários aprovam internet livre e ar-condicionado dos novos ônibus

FOTO: AMANDA PREVIDELLI/G1)
Testes feitos pelo G1 em ônibus com wi-fi que circulam em São Paulo apontaram sinal instável ou com lentidão: houve dificuldade em realizar tarefas simples como postar foto em rede social ou enviar mensagens de texto. Apesar das instabilidades na rede 3G oferecida, passageiros aprovaram a conexão gratuita que está disponível desde terça-feira (2).
O serviço está disponível em apenas quatro novos veículos em duas linhas que circulam na Zona Sul (875P Terminal Campo Limpo - Paraíso e 809P-10 - Terminal Campo Limpo - Terminal Pinheiros).
"Às vezes cai, mas é melhor que usar o 3G do celular, né?", disse a tesoureira Rose Meire Leite, de 36 anos.
O serviço é responsabilidade da concessionária SP Urbanuus, que opera os ônibus da Viação Campo Belo, e contratou o serviço de internet. Na terça-feira, o prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) disse que a internet seria um modo de tornar a viagem do trabalhador "útil", já que ele poderia adiantar o serviço ou suas leituras de dentro do ônibus.
Durante três viagens em dias diferentes, o G1 testou a conexão na linha 809P-10 Campo Limpo. Usando um iPhone 5S e um aplicativo para testes de velocidade, a primeira conclusão foi de que o sinal cai com frequência. A velocidade mais rápida de download obtida nos testes foi de 1,44 Mbps, abaixo da velocidade obtida com o 3G do celular, que usa um pacote de dados da operadora Vivo (5,51 Mbps).
Ideal para 40 passageiros
A SPUrbanuss, responsável pela Viação, respondeu que "a empresa responsável informou que a velocidade da internet funciona bem sendo compartilhada por uma média 40 usuários. Em vista de que sites com conteúdo adulto e downloads serão bloqueados, acreditamos na proposta da empresa, já que assim a internet ficará "mais leve". Pesquisas também apontam que a grande maioria dos usuários usam mais as redes sociais como Facebook e Whatsapp, apps que não demandam de tantos MB. Podendo assim usar uma internet com boa qualidade", informou em nota.
Passageiros aprovam
O Wi-Fi é pouco conhecido por passageiros, mas o ar-condicionado e a "modernidade" dos novos ônibus impressionaram. Duas mulheres que pegaram o ônibus por volta das dez horas da manhã de quinta (4) se surpreenderam como os novos veículos, chamados de "super-articulados". "Mas que chique que está isso aqui, hein?", comentou Orizete Tesce, a assistente social de 58 anos, para o motorista da linha do Terminal Campo Limpo que costuma leva-la diariamente para o trabalho. Sua amiga, a monitora escolar Lúcia Saporito, de 53 anos, concordou.
"O ônibus é mais bonito, mais espaçoso, o ar-condicionado é ótimo", diz Lúcia. Nenhuma das duas, porém, sabia que estavam em um ônibus com internet de graça. A maior parte dos passageiros daquela viagem tampouco sabia que o veículo vinha equipado com Wi-Fi livre. Informadas pela reportagem, as senhoras aprovaram, mas mantiveram os celulares guardados.
A tesoureira Rose Meire Leite, de 36 anos, também não sabia que alguns dos novos ônibus tinham Internet livre e resolveu testa-la. "Às vezes cai, mas é melhor que usar o 3G, né?", comenta. Mas ela aprovou a experiência nos novos ônibus. "Estou pegando um desses todos os dias, nem preciso esperar. Ele é muito grande confortável, você não fica tão sufocada e esse eu nem sinto ele balançar", disse. Os novos super-articulados, de fato, impressionam. Apesar de serem tão longos quanto os bi-articulados, o passageiro não sente aquele tremor típico e incômodo.
Fonte: Rede Cidades Digitais / G1